Publicidade

Correio Braziliense

iPhone entra em curto e assusta trabalhadores em prédio de Brasília

Dona do aparelho fazia a troca da bateria quando a peça começou a soltar fumaça e a derreter. Ninguém se feriu


postado em 15/01/2018 12:30 / atualizado em 15/01/2018 16:37

As peças do iPhone ficaram destruídas após a bateria pegar fogo(foto: Walter Wagner)
As peças do iPhone ficaram destruídas após a bateria pegar fogo (foto: Walter Wagner)

 

Um curto em um iPhone fez com que parte do aparelho derretesse e soltasse muita fumaça, assustando as pessoas que trabalhavam em um prédio de Brasília na manhã desta segunda-feira (15/1). Segundo a dona do aparelho, o incidente ocorreu enquanto ela trocava a bateria do celular, e a fumaça chegou a gerar um alerta para a brigada anti-incêndio do edifício, embora o sistema de alarmes não tenha disparado.

 

Técnica de uma empresa que presta serviços à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Natália Sine contou que decidiu trocar a bateria do smartphone porque ela estava descarregando muito rapidamente. Ao puxá-la, muita fumaça começou a sair do aparelho. Apesar do susto, o Corpo de Bombeiros não precisou ser acionado, já que os próprios colegas dela controlaram o incidente, jogando água sobre o equipamento.

 

Leia as últimas notícias de Cidades

 

A dona do celular disse ter experiência nesse tipo de operação e que nunca tinha visto algo do tipo acontecer. Ela disse estar mais preocupada com os efeitos colaterais do que com o aparelho, que, segundo ela, continua funcionando. "Bateria é tóxica. Não sei o que pode acontecer, já que inalamos (a fumaça) aqui. Sem contar o risco de incêndio", disse. 

 

Fotos tiradas após a situação ficar sob controle mostram partes do celular derretidas. Veja:

 

Ver galeria . 6 Fotos Walter Wagner
(foto: Walter Wagner )

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade