Publicidade

Correio Braziliense

DF vai ganhar 628 novos pardais, com tecnologia mais moderna e precisa

Os equipamentos têm capacidade de multar motocicletas e calcular a média de velocidade entre um pardal e outro


postado em 19/01/2018 10:55 / atualizado em 19/01/2018 11:31

(foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
O Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER) vai instalar 628 pardais em vários pontos da capital federal. Os equipamentos, mais modernos, servirão para gerenciamento, fiscalização, contagem de tráfego e monitoramento de vias. Os novos equipamentos já estão em fase de instalação e farão flagrantes de todos os tipos de veículos, incluindo motocicletas.


Leia as últimas notícias do Distrito Federal

De acordo com o diretor-geral do DER, Henrique Luduvice, os novos pardais têm uma precisão "compatível com o século 21". Entre outras funções, os equipamentos conseguem medir a velocidade média do carro entre um pardal e outro. Com isso, caso o motorista trafegue acima do limite permitido e freie apenas ao se aproximar de um novo pardal, será flagrado.

 

No entanto, como ainda não há regulamentação do uso dos equipamentos para esse fim, esse tipo de multa ainda não será aplicado, pelo menos no primeiro momento. "Mas essas informações são importantes para dimensionar o tráfego e atuar na segurança das vias e rodovias do DF. Nós somos a capital da paz e da cidadania no trânsito. Essas novas tecnologias estão sendo implementadas a favor da vida", afirmou Luduvice.


Ainda segundo o gestor, o processo licitatório dos novos pardais transcorreu sob supervisão do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF). "O sistema que estamos implementando vai readequar e ampliar o sistema mais antigo", acrescentou o diretor-geral.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade