Publicidade

Correio Braziliense

Polícia do DF prende autor de latrocínio no Maranhão

Responsável pelo latrocínio de Reginaldo Sodré Mendes, morto em 2017, foi encontrado em Timon


postado em 19/01/2018 17:12

As investigações sobre a morte do despachante rodoviário Reginaldo Sodré Mendes, 52 anos, chegaram ao fim. O autor do latrocínio (roubo com morte), de 18 anos, foi preso em Timon (MA), cidade próxima à Teresina (PI). Ele não teve a identidade revelada.

Leia as últimas notícias do Distrito Federal

Para realizar a prisão, foi necessária uma ação conjunta entre a 31ª Delegacia de Polícia (Planaltina), e policiais civis dos estados de Maranhão e Piauí.

Segundo informações da Divisão de Comunicação da Polícia Civil, o autor teria vendido o celular da vítima para um conhecido - que foi identificado e indiciado por receptação.Após conseguir o dinheiro, o bandido fugiu para Teresina.

Após a prisão, o acusado foi encaminhado para o Distrito Federal, onde está recolhido. Se condenado, ele poderá pegar pena de 20 a 30 anos.

Relembre o caso

Reginaldo Sodré Mendes foi encontrado morto em seu apartamento, onde vivia sozinho, na Vila Buritis I, em Planaltina, em setembro de 2017. Seu corpo estava deitado em cima da cama, com sinais de violência. Ele levou mais de 10 facadas. O síndico foi o responsável por preservar a área até a chegada da Polícia Militar, que registrou a ocorrência.

O autor do crime levou relógios, um aparelho celular e outros objetos pessoais da vítima. As câmeras de vigilância do edifício mostraram o instante em que Reginaldo entra no residencial, acompanhado do acusado. Depois, as imagens também mostram o jovem deixando o local, com a mochila da vítima nas costas e os objetos roubados.

Reginaldo era natural de Corró (MA), local onde o corpo foi enterrado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade