Publicidade

Correio Braziliense

Metrô do DF tem circulação interrompida na manhã desta terça-feira

A interrupção aconteceu por problemas técnicos em um trem, próximo à estação Arniqueiras. A operação foi normalizada, mas o tempo de espera dos passageiros está acima do usual


postado em 23/01/2018 09:48 / atualizado em 23/01/2018 10:24

A espera pelo reboque durou cerca de 40 minutos(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
A espera pelo reboque durou cerca de 40 minutos (foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
 
O Metrô/DF teve a circulação interrompida na manhã desta terça-feira (23/1), por volta das 8h, causando transtornos e filas nas estações. Um trem apresentou falhas mecânicas entre a estação Arniqueiras e Guará. De acordo com informações da estatal, um dos carros teve falha no sistema pneumático, responsável pelo movimento do veículo. Em seguida, o trem passou por reboque e, às 9h, a operação havia sido normalizada, mas com um maior tempo de espera.


O engenheiro mecatrônico Gabriel Cataldi, 25 anos, foi da 103 Sul para a Águas Claras. “Fiquei quase 1h no metrô, entre o tempo que aguardava o trem e a vinda para cá. Estava lento demais, e me disseram apenas que era problema técnico", conta. 
 
A servidora pública aposentada Lourdes Alves Paula, 72 anos, temia se atrasar para uma consulta médica(foto: Ludmila Rocha/Esp. CB/D.A Press)
A servidora pública aposentada Lourdes Alves Paula, 72 anos, temia se atrasar para uma consulta médica (foto: Ludmila Rocha/Esp. CB/D.A Press)
 
Já a servidora pública aposentada Lourdes Alves Paula, 72 anos, entrou no vagão em Ceilândia Sul. "Esperei quase vinte minutos na estação, e não deram nenhuma satisfação. Estou atrasada para uma consulta, não sei nem se irão me atender", lamenta. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade