Publicidade

Correio Braziliense

Acordo com a UnB vai abrir vagas de mestrado para funcionários do GDF

Até 40 servidores do GDF poderão ser inscritos no curso de mestrado profissional em economia, com ênfase em gestão econômica e finanças públicas.


postado em 27/01/2018 12:58 / atualizado em 27/01/2018 17:41

O acordo foi assinado na sexta (26) e as aulas começam em março(foto: Andre Borges/Agência Brasilia)
O acordo foi assinado na sexta (26) e as aulas começam em março (foto: Andre Borges/Agência Brasilia)
Um acordo entre a Universidade de Brasília (UnB) e o Governo do Distrito Federal (GDF) permitirá que servidores do Executivo local cursem o mestrado na instituição de ensino. O contrato foi mediado pela Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão. 

Com a iniciativa, até 40 servidores do GDF poderão ser inscritos no curso de mestrado profissional em economia, com ênfase em gestão econômica e finanças públicas. O investimento será de R$ 900 mil e virá do orçamento e do fundo Pró-Gestão, destinado a capacitação.
 
 
Em solenidade para assinatura do contrato na sexta-feira (26/1), o governador Rodrigo Rollemberg destacou a necessidade de aprimorar a gestão pública. “São muitas parcerias do governo com a UnB. Estamos felizes com mais essa e por dar essa grande oportunidade aos servidores. A gestão é, sobretudo, feita por pessoas e precisa sempre ser aprimorada”, disse.

A reitora da Universidade de Brasília,  Márcia Abrahão, afirmou, no evento, que o acordo também traz benefícios para a instituição. “Também é importante para a UnB se manter atualizada e moderna para dar atendimento adequado aos alunos. Uma faculdade com potencial tão grande deve ser usada para ajudar na administração (pública)”, declarou.

Seleção


O curso começará em março e terá 360 horas-aulas, que precisam ser concluídas em 24 meses. O processo seletivo ficará a cargo da UnB e contará com prova escrita e avaliação de currículo e de projeto. A divulgação do edital será feita pelo próprio GDF.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade