Publicidade

Correio Braziliense

Policial reage a assalto e atira em cliente dentro de agência dos Correios

Tiros foram disparados por um policial civil à paisana, segundo a PM. Militares conseguiram deter um dos suspeitos. O outro fugiu em um carro


postado em 31/01/2018 14:50 / atualizado em 31/01/2018 18:44

Agência fica em região movimentada de Sobradinho. Segundo a Polícia Civil, havia cerca de 20 pessoas no momento do assalto(foto: Divulgação/PMDF)
Agência fica em região movimentada de Sobradinho. Segundo a Polícia Civil, havia cerca de 20 pessoas no momento do assalto (foto: Divulgação/PMDF)
 
Uma mulher foi baleada no pé durante um assalto a uma agência dos Correios, na quadra 8 do Setor Comercial de Sobradinho, por volta das 10h30 desta quarta-feira (31/1). Dois homens, de acordo com a Polícia Civil, entraram com uma arma falsa no local e renderam os cerca de 20 clientes e funcionários.

Um dos rendidos era um escrivão da Policial Civil. Ele teria reagido à ação e atirado duas vezes contra os assaltantes. A Polícia Militar afirma que um dos disparos atingiu, de raspão, a mulher. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) a levou ao Hospital Regional de Sobradinho. Não havia informações sobre o estado de saúde dela, até a noite desta quarta-feira.

Policiais militares que patrulhavam a área logo conseguiram prender um dos bandidos, de 20 anos. O outro teria conseguido fugir em um Ford Focus prata. De acordo com a Polícia Civil, o carro usado na fuga é roubado. Um terceiro comparsa conduzia o veículo.
  
O caso está sob responsabilidade da 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho). Até a última atualização desta reportagem, a Polícia Civil não havia informado se o escrivão que efetuou aos disparos vai ser alvo de inquérito administrativo.
 

Assaltos ao comércio marcam início de 2018

 
A violência vem assustando comerciantes e funcionários de lojas e agências do Distrito Federal neste primeiro mês de 2018. Na noite de segunda-feira (29/1), quatro pessoas ficaram feridas após levarem coronhadas na cabeça durante um assalto nas Lojas Americanas na Asa Norte.
 
Mesmo em shoppings, onde há segurança particular, os clientes não estão livres da criminalidade. Em 12 de janeiro, uma loja de celulares no Conjunto Nacional foi alvo de uma tentativa de roubo. Os bandidos conseguiram fugir, mas abandonaram os objetos roubados durante a perseguição.
 
A Secretaria de Segurança Pública e da Paz Social do Distrito Federal (SSP/DF) informou que ainda não fechou os dados sobre violência deste mês. No acumulado de 2017, houve 2.774 roubos a comércio, melhora de 23% em relação aos 2.136 registrados no ano anterior.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade