Publicidade

Correio Braziliense

Ponte do Bragueto recebe colunas para sinalizar altura máxima permitida

Segundo DER, medida serve para avisar que veículos com mais de quatro metros de altura não podem ultrapassar. Passagem deve ser liberada às 19h


postado em 23/02/2018 18:10 / atualizado em 23/02/2018 18:54

Obras fazem parte dos trabalhos para manutenção da ponte (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Obras fazem parte dos trabalhos para manutenção da ponte (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)

Técnicos do Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER/DF) e da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) começaram a instalar, às 16h desta sexta-feira (23/2), pórticos na Ponte do Bragueto, via que faz ligação entre a Asa Norte e o Lago Norte. 

As colunas vão indicar a altura certa para veículos de grande porte, de, no máximo, 4 metros. Os pórticos são duas torres de metal, instaladas nos dois lados da pista, com uma corrente ao meio indicando a altura permitida. 

Por conta disso, o sentido Lago Norte-Plano Piloto, na parte debaixo da ponte, ficará interditado temporariamente. A previsão do departamento é de que as pistas sejam liberadas por volta das 19h desta sexta. Os condutores que trafegam na direção W3 Norte e L4 Norte para o Lago Norte terão como via alternativa o Eixo W, na altura do Setor Hospitalar Norte. 
 
Linha vermelha indica onde o trânsito ficou interditado e verde, a via alternativa para os motoristas. Trânsito deve ser liberado depois das 19h(foto: Divulgação/Google Maps)
Linha vermelha indica onde o trânsito ficou interditado e verde, a via alternativa para os motoristas. Trânsito deve ser liberado depois das 19h (foto: Divulgação/Google Maps)


Obras emergenciais

 
Em 15 de fevereiro, os órgãos fizeram a implantação de barreiras físicas com o mesmo objetivo. Na ocasião, a Novacap colocou uma viga e dois pilares para sustentar a pista nos dois sentidos. Foram feitas, também, as fundações das estruturas. Os pilares têm altura de 6,5 metros. As vigas também são feitas de aço e ficam a quatro metros do chão. 
 
Os trabalhos, segundo o DER, fazem parte das obras de manutenção da ponte previstas no pacote do Trevo de Triagem Norte. Durante o carnaval, por exemplo, técnicos da Novacap fizeram a lavagem do concreto e cobriram fissuras na laje, provocadas exatamente por veículos com mais de quatro metros de altura. 

Além da medida, sensores para monitoramento de vibrações e deslocamento da estrutura foram implantados. As preocupações com a Ponte do Bragueto começaram após a queda de parte da estrutura do viaduto no Eixão Sul, na altura da Galeria dos Estados, na manhã de 6 de fevereiro. O bloco que cedeu caiu sobre carros que estavam estacionados sob o local. Apesar do susto, ninguém ficou ferido. 
 
Outro motivo pela atenção à Ponte do Bragueto são os antigos alertas sobre a precariedade da via de ligação. Prova disso é um relatório, elaborado em 2012 pelo Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF), onde indica as construções públicas que necessitam de manutenção com urgência. A Ponte está na lista de risco. 


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade