Publicidade

Correio Braziliense

Caesb devolve R$ 16,2 milhões a usuários que pouparam água

O bônus-desconto é aplicado em quem reduziu o consumo de água em 2017 na comparação com 2016


postado em 03/03/2018 13:58 / atualizado em 03/03/2018 14:02

Racionamento de água no Distrito Federal já supera os 400 dias (foto: Pedro Ladeira/Esp. CB/D.A Press )
Racionamento de água no Distrito Federal já supera os 400 dias (foto: Pedro Ladeira/Esp. CB/D.A Press )


O racionamento de água somado ao alerta da crise hídrica fez com que o brasiliense pensasse duas vezes antes de abrir a torneira. Além da queda de 16% no consumo de água durante o primeiro ano do rodízio de abastecimento, aumentou também o número de consumidores que terão direito ao bônus-desconto, incentivo da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) a quem reduziu a partir de 20% o consumo de recursos hídricos em 2017, em comparação com 2016. 

O desconto começa a ser aplicado agora em março. Quem tiver direito ao bônus, receberá um comunicado juntamente com a fatura do mês de fevereiro. Neste ano, cresceu em 35% o montante a ser distribuído, em comparação com o ano passado. A Caesb calcula que irá devolver R$16.183.841,10, contra R$ 11.919.713,30 em 2017. A devolução é feita por meio de desconto na conta de água. 

A medida atende à Lei Distrital nº 4.341, de 22 de junho de 2009, e a Resolução nº 06, de 5 de julho de 2010, da Adasa, e está sendo praticada pela Caesb pelo oitavo ano consecutivo. Desde setembro de 2009, a Companhia encaminha, no verso da fatura, informações da legislação que dispõe sobre o incentivo à redução do consumo de água no DF. O período de apuração do bônus-desconto é de janeiro/16 a dezembro/17.

O bônus será concedido conforme o valor que o cliente tem a receber, de acordo com cronograma de devolução.
 
(foto: Divulgação/Caesb )
(foto: Divulgação/Caesb )
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade