Publicidade

Correio Braziliense

Filhotes de jaguarundi do Zoo de Brasília completam um mês de vida

A expectativa é que o trio seja transferido para uma jaula em exposição ainda neste mês


postado em 03/03/2018 17:10 / atualizado em 03/03/2018 17:10

Ver galeria . 5 Fotos Divulgação/Zoológico de Brasília
(foto: Divulgação/Zoológico de Brasília )


Até o fim de março, os visitantes do Zoológico de Brasília irão conhecer os três filhotes de jaguarandi que estão fazendo sucesso entre os cuidadores e pesquisadores do Zoo. Dengosos e preguiçosos, os pequenos gatos da cor acinzentada estão completando um mês de vida, e em breve devem ser transferidos a um dos recintos para felinos e entrar em exposição para o público.

Os três filhotes, ainda sem sexo identificado, são filhos de Tiana, de 6 anos, e Jaguar, de 10. A espécie tem hábitos diurnos, diferente da maioria dos felinos, e são comuns nas Américas do Norte e do Sul. Atualmente, existem apenas 5 mil vivendo em liberdade pelo mundo, o que coloca a espécie na lista de ameaçados de extinção. 

Desde que nasceram, no começo de fevereiro, os filhotes ficaram sozinhos com a mãe em uma jaula isolada. "Na natureza, a mãe cria os filhotes sozinha. Então, demos a ela a oportunidade de fazer isso aqui também. Ela está em uma parte restrita, onde os barulhos são controlados e os cuidadores conseguem visualizar o que está acontecendo, mas sem interferir para não gerar estresse para a mãe", conta Ana Raquel Gomes, superintendente de Conservação e Pesquisa do Zoo. 

Dentro do recinto, os cuidadores preparam um ambiente com uma grande caixa de areia e bastante feno, onde Tiana esconde e amamenta os filhotes. "Assim que eles começarem a comer junto com a mãe, vamos avaliar a transferência para um recinto aberto, o que deve acontecer ainda neste mês”, afirma a superintendente. 

Atualmente, o Zoológico de Brasília abriga 16 felinos. Tiana chegou em 2012, após ser resgatada em em situação vulnerável pelo Corpo de Bombeiros de Goiás. Jaguar nasceu no Zoo, em 2008. Os jaguarundis podem chegar a 9 quilos e até 83 centímetros.  A expectativa é que, nesta semana, quando houver o primeiro contato com os filhotes, seja possível identificar o sexo deles. 

Sem visitação

Devido a greve dos vigilantes, o Zoológico de Brasília está de portas fechadas para visitantes deste a sexta-feira (2/3). A parte administrativa e de manutenção do espaço, no entanto, funciona normalmente.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade