Publicidade

Correio Braziliense

Sobradinho 2 e Fercal recebem mutirão contra dengue a partir de terça

Força Tarefa da Secretaria das Cidades farão a vistoria em Sobradinho na terça (6/3) e quarta-feira (7). Em 13 e 14 de março, será a vez de quatro áreas na Fercal receberem a visita dos servidores


postado em 05/03/2018 17:49 / atualizado em 05/03/2018 20:03

Técnicos da Secretaria de Cidades farão a vistoria, ao lado de equipes da Secretaria de Saúde(foto: Dênio Simões/Agência de Notícias)
Técnicos da Secretaria de Cidades farão a vistoria, ao lado de equipes da Secretaria de Saúde (foto: Dênio Simões/Agência de Notícias)
O risco de um surto de dengue em seis regiões do Distrito Federal fez com que o governo organizasse um reforço no combate ao mosquito transmissor da doença, o Aedes aegypti. A primeira cidade a receber a ação será Sobradinho 2, seguida da Fercal. Estudo da Secretaria de Saúde colocou em alerta as duas cidades, assim como Lago Norte, Lago Sul, Park Way e Varjão. De acordo com o levantamento, 3,9% das casas e dos prédios vistoriados estão infectados com larvas do mosquito, que também transmite zika, chicungunya e febre amarela.

Força Tarefa da Secretaria das Cidades farão a vistoria em Sobradinho 2 na terça (6/3) e na quarta-feira (7/3). Em 13 e 14 de março, será a vez de quatro áreas dentro da Fercal receberem a visita dos servidores. Junto com equipes da Secretaria de Saúde, eles vão recolher objetos que servem de criadouros do Aedes Aegypti.

Nessas duas localidades, a Diretoria de Vigilância Ambiental constatou aumento no índice de infestação em prédios e casas. Só de janeiro a fevereiro de 2018, Sobradinho apresentou 7% de risco, enquanto a região da Fercal estava com 12%. O índice estabelecido pelo Ministério da Saúde como satisfatório é inferior a 1%. Entre 1% e 3,9%, a situação é de alerta e, quando a taxa fica superior a 4%, há risco de surto de dengue.

A Secretaria das Cidades garantiu que, depois de Sobradinho e Fercal, as próximas regiões a receberem a força tarefa serão Lago Norte e Lago Sul, Recanto das Emas, Planaltina, Park Way, Varjão e Itapoã. Durante o serviço, está prevista atuação de cerca de 30 trabalhadores e nove caminhões.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade