Publicidade

Correio Braziliense

Morador de rua fere mulher com caco de vidro no Setor Comercial Sul

A vítima ficou ferida no braço e no joelho e foi levada ao Hospital de Base pelo Samu. Suspeito foi preso


postado em 06/03/2018 11:03 / atualizado em 06/03/2018 12:17

A PM encontrou a mulher sentada no chão da Rua das Farmácias, na Asa Sul(foto: PMDF/Divulgação)
A PM encontrou a mulher sentada no chão da Rua das Farmácias, na Asa Sul (foto: PMDF/Divulgação)
Agredida por um morador de rua, uma mulher sofreu cortes com um pedaço de vidro no joelho e no braço. O caso ocorreu no início da manhã desta terça-feira (6/3), no Setor Comercial Sul. A Polícia Militar foi acionada e conseguiu localizar o homem na Quadra 5. Ele foi preso e levado à 5ª Delegacia de Polícia (Asa Norte).

 

Segundo a PM, um homem foi até um Posto Comunitário de Segurança da região e informou aos militares que a companheira dele havia sido agredida. Os militares localizaram a mulher sentada em uma calçada na 102 Sul, região conhecida como Rua das Farmácias.

 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) prestou atendimento à vítima. Ela foi levada ao Hospital de Base. O agressor foi encaminhado à 5ª Delegacia de Polícia (Asa Norte), onde deve responder pelo crime de lesão corporal com base na Lei Maria da Penha (11.340/06), segundo a Polícia Civil.

 

Violência contra a mulher

 

Dois casos de agressão marcaram o Distrito Federal em março. No primeiro dia do mês, uma reação a um assalto no Riacho Fundo II resultou em agressão. Além de levar coronhadas na cabeça, a vítima foi arrastada a uma distância de 15 metros pelos criminosos. Conduzida ao Hospital Regional de Taguatinga (HRT) pelo Samu, ela teve que ser operada. Os três envolvidos, sendo um menor de 18 anos, foram identificados e localizados pela PM.

 

Na última segunda-feira (5/3), policiais civis tiveram que impedir um homem de matar a ex-esposa e o filho – de 57 e 13 anos, respectivamente. O caso aconteceu na casa das vítimas, em Planaltina. O homem, que morreu em decorrência dos ferimentos, agrediu os dois com uma faca. Apesar dos disparos, ele continuou os golpes e foi impedido em luta corporal contra um agente. A mulher está internada no Hospital Regional de Planaltina (HRP).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade