Publicidade

Correio Braziliense

Chuvas no Distrito Federal devem durar até até o início de maio, diz Inmet

Nesta quinta-feira (8/3), o céu deve permanecer de nublado a encoberto com pancadas de chuvas e trovoadas em áreas isoladas


postado em 08/03/2018 08:11 / atualizado em 08/03/2018 09:36

De acordo com o Inmet, chuvas devem durar até maio no Distrito Federal(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
De acordo com o Inmet, chuvas devem durar até maio no Distrito Federal (foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
 

Os brasilienses ainda não podem pensar em deixar o guarda-chuva em casa. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), as precipitações no Distrito Federal devem durar ao menos até a primeira quinzena de maio, quando acaba o verão. Em seis dias, choveu quase 40% do previsto para março, e em fevereiro o volume foi 25% maior do que o previsto.  

 

O meteorologista do Inmet, Mamedes Luiz Melo, explica que a tendência é de que as chuvas ocorram, principalmente, no fim do dia. No entanto, ele esclarece que a sensação de tempo fechado pela manhã permanece, por conta da nebulosidade. "Quando chove de madrugada, esse tipo de fenômeno ocorre pela manhã, e, à tarde, volta a chover", comentou.  

 

Nesta quinta-feira (8/3), o céu deve permanecer de nublado a encoberto com pancadas de chuvas e trovoadas em áreas isoladas. Os termômetros registraram temperatura mínima de 18°C durante a madrugada e podem marcar até 30°C ao longo do dia. A umidade relativa do ar varia entre 95% e 50%.  

 

Crise hídrica 

 

O quadro chuvoso continua a beneficiar os moradores da capital. Os reservatórios que abastecem o Distrito Federal mostram crescimento em seus níveis de água durante os últimos meses. De acordo com a última medição da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico (Adasa), divulgada nesta quarta-feira (8/3), a barragem do Descoberto estava com 59,4% da capacidade total e a de Santa Maria com 43,3%.  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade