Publicidade

Correio Braziliense

Família procura por idosa desaparecida no Sudoeste nesta segunda

Arildes Teixeira Maciel, 76 anos, saiu para caminhar e não voltou. Ela foi diagnosticada com Alzheimer


postado em 12/03/2018 23:00 / atualizado em 12/03/2018 23:43

Arildes Teixeira Maciel, 76 anos, tem Alzheimer e desapareceu no Sudoeste, nesta segunda(foto: Acervo Pessoal)
Arildes Teixeira Maciel, 76 anos, tem Alzheimer e desapareceu no Sudoeste, nesta segunda (foto: Acervo Pessoal)

Uma idosa de 76 anos está desaparecida desde as 17h desta segunda-feira (12/3). De acordo com a família, Arildes Teixeira Maciel teria saído de casa, na quadra 103 do Sudoeste, às 16h para caminhar e não voltou mais. Ela foi diagnosticada com Alzheimer e, por isso, a hipótese é de que esteja perdida. 

Não é a primeira vez que Arildes tem dificuldade de voltar para casa, afirmou a sobrinha-neta Natalia Maciel. "Ela já chegou a se perder, mas depois de um tempo lembrava e voltava sozinha. Dessa vez, não voltou", contou. De acordo com Natalia, a idosa foi vista pela última vez por funcionários de uma farmácia, na 104 do Sudoeste, por volta das 17h. 

Arildes mora com outras quatro irmãs, todas idosas, e é a única que tem o hábito de fazer as caminhadas. "Ela fica apenas dando voltas no quadradão da residencial e as irmãs ficam observando pelo apartamento, mas hoje a perderam de vista. Como o Alzahimer dela ainda está se desenvolvendo, não acreditávamos que isso poderia acontecer", explicou Natalia. 

A idosa saiu de casa vestida com uma blusa regata salmão com listras brancas, bermuda jeans escuro e sapatinho branco. A 3ª DP (Cruzeiro Velho) está responsável pela ocorrência. Caso alguém tenha informações sobre Arildes, a família pede para que entre em contato pelos telefones 99989-7457 ou 3344-1673. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade