Publicidade

Correio Braziliense

Mikael Lopes: músico de 20 anos desaparece em Águas Claras

O músico foi visto pela última vez na estação de metrô Águas Claras, quando o pai de um aluno deu carona para ele


postado em 15/03/2018 15:54 / atualizado em 15/03/2018 16:50

Na última vez que foi visto, Mikael vestia a camisa acima(foto: Acervo pessoal)
Na última vez que foi visto, Mikael vestia a camisa acima (foto: Acervo pessoal)
 
Um jovem de 20 anos desapareceu na noite da última quarta-feira (14/3) próximo à estação de metrô Águas Claras. O pai de um aluno deixou o flautista e professor Mikael Lopes no local por volta das 20h para pegar um trem para casa, em Samambaia Norte. Desde então, ele não foi mais visto.

Mikael é aluno de música na Universidade de Brasília (UnB) e participa ativamente de eventos na Escola de Música de Brasília e no Clube do Choro, além de ser maestro em uma orquestra da Assembleia de Deus.

Nos últimos oito meses, o músico passou por dois assaltos. De acordo com boletim de ocorrência, registrado na última terça-feira (13/3), ladrões levaram os documentos e cartões do jovem na QR 425 de Samambaia. Também foram roubados um celular; um tablet; um notebook; um flautim (ainda em processo de quitação); livros; partituras musicais; R$ 300 em espécie; e objetos pessoais. O crime aconteceu em uma parada de ônibus.

Segundo Kalebe Nascimento, amigo de Mikael, os crimes o deixaram muito abalado. "Ele mora em um lote com três residências. Em uma delas, mora uma menina para quem ele deixou uma carta na porta", conta o também músico. No texto, o jovem disse que não iria mais tocar na igreja, que não teria mais forças para continuar e que Deus o abandonou. O estudante também demonstrou vontade de sair de casa em breve. 

Caso tenha visto Mikael, entre em contato pelos seguintes números:
(61) 98511-5954 (Kalebe Nascimento)
(61) 98173-6222 (Mikeias Lopes)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade