Publicidade

Correio Braziliense

HRT e HRSam oferecem atendimento específico a vítimas de violência sexual

Programa das unidades de saúde fornece suporte ambulatorial em ginecologia e pediatria a fim de promover acompanhamento contínuo e centralizado às vítimas


postado em 16/03/2018 05:40 / atualizado em 16/03/2018 08:46

Os Hospitais Regionais de Taguatinga (HRT) e de Samambaia (HRSam) passaram a oferecer, a partir desta quinta-feira (15/3), atendimento ambulatorial em ginecologia e pediatria específicos para vítimas de violência. 

No caso das consultas pediátricas, o acolhimento é destinado a crianças que sofreram agressões como violência física e psicológica, negligência ou abandono. A proposta é oferecer às vítimas suporte contínuo e no mesmo local por meio do acompanhamento de profissionais do Programa de Pesquisa, Assistência e Vigilância à Violência (PAV) das unidades de saúde. 

Além do HRT e do HRSam, o Hospital Regional da Asa Norte e o Adolescentro, na 605 Sul, também fornecem esse tipo de auxílio. O objetivo é permitir que as vítimas sejam atendidas em um mesmo local e pelos mesmos especialistas, para evitar que precisem relatar os mesmos casos de violência diversas vezes.

No HRSam, o atendimento pediátrico ocorre às terças, e o ginecológico, às quintas-feiras. Já no HRT, a ginecologia acolhe as pacientes às segundas-feiras, e as consultas na pediatria são às sextas-feiras. Os PAVs das unidades funcionam das 7h às 19h e os pacientes são atendidos e encaminhados por demanda espontânea.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade