Publicidade

Correio Braziliense

Seis cidades do DF zeram o número de mortes no trânsito em 2017

Segundo o Detran-DF, as ações de engenharia, educação e fiscalização foram fundamentais para o resultado


postado em 16/03/2018 18:50 / atualizado em 16/03/2018 18:50

Águas Claras não teve vítimas fatais no trânsito durante o último ano(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
Águas Claras não teve vítimas fatais no trânsito durante o último ano (foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

Águas Claras, Brazlândia, Jardim Botânico, SIA, Sudoeste e Lago Norte não registraram mortes no trânsito no último ano. Outras 10 cidades tiveram redução significativa no número de vítimas. O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) considera que as ações de engenharia, educação e fiscalização foram fundamentais para o resultado.

Em 2016, foram registradas 143 mortes no trânsito, número que caiu para 92 no ano passado. Nas cidades que apresentaram aumento nesse índice - Gama, São Sebastião, Sobradinho, Cruzeiro, Guará e SCIA - o Detran dará maior atenção ao planejamento e à execução das ações, como instalação de barreiras eletrônicas e campanhas educativas.
 
Em Santa Maria, o número de mortes passou de nove para um, uma redução de 89%. Em Sobradinho 2, os registros caíram de cinco para um, o que representa uma queda de 80% nos índices. No Recanto das Emas, a queda foi de 67%; e Riacho Fundo e Vicente Pires registraram 50% menos mortes.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade