Publicidade

Correio Braziliense

Correio discute empreendedorismo feminino em seminário; inscreva-se

Encontro ocorrerá no auditório dos Diários Associados, na próxima quinta-feira (22/3); inscrições são gratuitas, mas número de vagas é limitado


postado em 16/03/2018 19:32 / atualizado em 17/03/2018 12:24

(foto: Caio Gomez/CB/D.A Press)
(foto: Caio Gomez/CB/D.A Press)


Empreendedorismo feminino, mulheres que transformam é tema do seminário do Correio Talks, na próxima quinta-feira (22/3), de 14h às 17h, no auditório do jornal. Será um evento aberto ao diálogo e compartilhamento de experiências transformadoras, sobre desafios e conquistas da mulher empreendedora, em comemoração ao mês da mulher. 

Uma parceria do Correio com o Iesb e apoio da Tim, a proposta é um realizar um bate-papo leve e informal com as vencedoras Eda Coutinho, reitora do Centro Universitário de Brasília (Iesb); Janete Vaz, sócia-fundadora do Sabin Medicina Diagnóstica; Mariana Deperon, sócia-fundadora e CEO da Tree Diversidade; Suzane Veloso, mentora e angel investor de starups e consultora, e Adriana Lima, fundadora da marca de e-commerce Sacoleiras de Luxo. 

A participação é totalmente gratuita, mas em número limitado. As inscrições podem ser feitas neste link. Reitora e fundadora de uma das maiores faculdades de Brasília, Eda Coutinho é um exemplo de sucesso, que cresceu em tempos difíceis de espaço para a mulher. Doutora em Educação nos Estados Unidos e com pós-doutorado na Alemanha, é detentora de 16 prêmios por sua atuação como educadora e empreendedora.

"Sempre tive muita sorte de estar na hora certa e no lugar certo", costuma dizer. A professora conta que nunca se cansou de ir atrás do conhecimento para impulsionar sua trajetória. "Nunca fui de ficar parada", afirma. Tem em seu currículo inúmeras palestras sobre melhoria da qualidade do ensino, educação à distância e avaliação no ensino superior, no Brasil e no exterior.

Eda também é autora de inúmeros artigos e livros em sua área. Apaixonada por teatro desde tenra idade, explica que teve a sorte de ter uma família amorosa a lhe dar o apoio que precisava. "A empreendedora se cria desde criança", cita ela, a quem tem sede de sucesso. A professora Eda recebeu, recentemente, o título de "Cidadã do Mundo pela Paz", concedido pela Academia Internacional de Cultura.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade