Publicidade

Correio Braziliense

400 fiéis celebram Domingo de Ramos na Catedral de Brasília

Data relembra paixão, morte e ressurreição de Cristo


postado em 25/03/2018 19:40 / atualizado em 25/03/2018 20:16

Ver galeria . 6 Fotos Minervino Júnior/CB/D.APress
(foto: Minervino Júnior/CB/D.APress )
Cerca de 400 pessoas participaram da celebração da missa de ramos na Catedral de Brasília, às 18h, deste domingo (25/3). O padre José Firmino, pároco da Catedral, disse que o domingo de ramos simboliza a humildade.”É quando Jesus entra em Jerusalém montado em um jumento”, memoriza.

“Inicia-se hoje a celebração que nos faz relembrar todo o mistério da paixão, morte e ressurreição de Cristo. Há um evangelho no início da missa que nos faz recordar Jesus sendo recebido pelas pessoas, com seus ramos nas mãos abanando e acenando para Ele”, explica o padre.

Firmino disse que a homilia do domingo de ramos narra todo o sofrimento de Cristo. “Uma semana antes da páscoa, nós começamos a refletir sobre todo esse mistério e como Jesus vivenciou a ressurreição”. Ele ponderou que é um momento de reflexão sobre os sofrimentos que cada ser humano carrega dentro de si, como superá-los e renascer pela fé.

O pároco informou que pela manhã, às 8h30, a procissão ao redor da catedral reuniu mais de duas mil pessoas e que a missa foi celebrada por Dom Sérgio da Rocha, cardeal arcebispo de Brasília.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade