Publicidade

Correio Braziliense

Dois detentos morrem no presídio de Águas Lindas de Goiás, no Entorno do DF

Por volta de 9h, a dupla seguia para o banho de sol, quando outros presos os atingiram com um objeto artesanal pontiagudo, conhecido com chucho


postado em 27/03/2018 11:03

A Polícia Civil de Goiás foi acionada para abertura do inquérito policial e identificar os autores(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
A Polícia Civil de Goiás foi acionada para abertura do inquérito policial e identificar os autores (foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
 
Dois detentos morreram assassinados no Presídio de Águas Lindas de Goiás. A crime aconteceu na manhã desta terça-feira (27/3), quando os presos Alex Araújo dos Santos, 29 anos, e Eduardo Ferreira Pires, 27 anos, foram atacados por companheiros da unidade prisional.  
 
Por volta de 9h, a dupla seguia para o banho de sol, quando outros presos os atingiram com um objeto artesanal pontiagudo, conhecido com chucho. De acordo com a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), os agentes de plantão tentaram intervir, mas não conseguiram evitar o crime.  
 
A Polícia Civil de Goiás foi acionada para abertura do inquérito policial e identificar os autores. A DGAP fará sindicância para esclarecimentos dos fatos.  
 
Os casos de violência e fuga dentro das penitenciárias do Entorno do Distrito Federal não são raros. Confira: 
 
27 de julho de 2011 
Uma briga entre detentos dentro de uma cela do presídio de Águas Lindas terminou em morte. Um dos presos teria improvisado uma arma com um pedaço de ferro da estrutura da própria cadeia e, com ajuda de outros presos, atacado um dos colegas de cela no peito. A vítima tinha 23 anos. O crime ocorreu durante o banho de sol, quando os detentos estavam fora das celas.  
 
25 de dezembro de 2017 
Dez presos fugiram da cadeia de Águas Lindas de Goiás durante a madrugada. Um agente penitenciário flagrou pelas câmeras o movimento e fez o alerta para equipes, mas os servidores não conseguiram impedir a fuga. Os detentos teriam aberto um buraco na parede e fugiram.  
 
26 de fevereiro de 2018 
Nova detentos fugiram da unidade prisional de Águas Lindas de Goiás. Os presos furaram um buraco na parede dos fundos de uma cela, que dá acesso à rua. Eles organizaram a fuga e saíram do presídio por volta de 4h.  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade