Publicidade

Correio Braziliense

Pesquisa sobre o uso da faixa de pedestre será apresentada no dia 2, no IFB

Os resultados do estudo Respeito à faixa de pedestre, que reúne dados sobre como motoristas e pedestres utilizam a faixa, serão apresentados ao público na próxima segunda-feira, a partir das 9h


postado em 28/03/2018 11:01 / atualizado em 28/03/2018 12:42

Em 2018, a faixa de pedestre completa 21 anos em Brasília(foto: Luis Nova/Esp. CB/D.A Press)
Em 2018, a faixa de pedestre completa 21 anos em Brasília (foto: Luis Nova/Esp. CB/D.A Press)
 
Em 2007, a capital federal dava um grande passado na segurança do trânsito ao adotar a faixa de pedestre. Na próxima segunda-feira (2/4), um estudo sobre como motoristas e pedestres utilizam essa ferramenta 21 anos depois de sua adoção será apresentado no câmpus da Asa Norte do Instituto Federal de Brasília (IFB), na 610 Norte.
 
Batizada de Respeito à faixa de pedestre, a pesquisa foi desenvolvida pela Universidade de Brasília (UnB) em parceria com as organizações não governamentais Rodas da Paz e Andar a Pé e o coletivo Movimento Ocupe o Seu Bairro (MOB).

Hoje, o Distrito Federal conta com 7 mil faixas de pedestre. Os 16 pesquisadores envolvidos na análise observaram 340 delas, dedicando-se, principalmente, à observação do espaço nos horários de pico dos turnos matutino, vespertino e noturno. 

Foram registrados dados como: se os condutores aguardavam o fim da travessia antes de mover o veículo, o número de automóveis que paravam, o sexo dos pedestres; se havia risco ao atravessar; e se os pedestres faziam o sinal de vida. Os pesquisadores também coletaram informações a respeito das vias, como velocidade, sinalização, iluminação e condições da faixa.

Com a apresentação dos frutos do trabalho, visa-se mobilizar o poder público na melhora das questões relacionadas ao respeito à faixa de pedestre. A metodologia utilizada no processo também será mostrada. 

Serviço 

Respeito à Faixa de Pedestre
IFB Campus Brasília (610 Norte)
Na próxima segunda-feira (2/4), das 9h às 12h. Apresentação dos resultados da pesquisa Respeito à Faixa de Pedestre. Entrada gratuita.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade