Publicidade

Correio Braziliense

GDF lança site para acompanhamento de ações do governo

Portal de Balanço das Prioridades do Governo de Brasília apresenta e detalha ações executadas ao longo dos últimos três anos do governo Rollemberg


postado em 02/04/2018 12:16 / atualizado em 02/04/2018 15:15

Lançamento de site (foto: Tony Winston/Agência Brasília)
Lançamento de site (foto: Tony Winston/Agência Brasília)


O governador Rodrigo Rollemberg anunciou, na manhã desta segunda-feira (2/4), o lançamento do Portal de Balanço das Prioridades do Governo de Brasília. O site reúne um levantamento das ações concluídas, em andamento e não executadas durante o mandato do pessebista. 

A plataforma faz parte do Portal da Transparência e será atualizada a cada três meses. De acordo com o balanço divulgado, das 472 propostas apresentadas ao Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF) pelo governador no início de 2015, 43% foram alcançadas e 45% estão em execução. Os 12% restantes ainda não foram realizadas. Elas ficam divididas em 14 categorias, nas quais constam portarias, imagens e decretos relacionados às ações executadas e detalhes relativos aos projetos não cumpridos.

Rollemberg afirmou que as principais metas atingidas ao longo de 3 anos e 3 meses de governo foram a desobstrução da Orla do Lago Paranoá, o fechamento do Lixão da Estrutural e a entrega de escrituras para regularização fundiária no DF. "Estamos lançando esse portal em um processo de permanente atualização e acompanhamento das ações do governo. Nosso objetivo é garantir transparência total à população, um compromisso que firmamos desde o início", disse. 

O governador ainda comentou que os próximos passos serão a finalização das obras de ampliação do Hospital da Criança de Brasília José de Alencar (HCB), que deve ficar pronto no fim de junho, e da estação de captação e tratamento de água Corumbá IV, prevista para ser entregue no fim de 2018. Rollemberg, no entanto, não estipulou uma meta percentual a ser alcançada até dezembro: "A ideia é ampliar, ao máximo possível, o número de ações executadas até o fim do ano."

Além das propostas, o site conta com uma seção onde ficam elencadas as iniciativas executadas pelo governo que não faziam parte do plano inicial, como a implantação dos subsistemas de captação de água do Lago Norte e do Bananal. A secretária de Orçamento, Planejamento e Gestão, Leany Lemos, ressaltou que essas ações foram realizadas com base em necessidades da população e, portanto, demandaram um replanejamento orçamentário.

Leany também comentou que o portal está em fase de amadurecimento e que os resultados apresentados até o momento são positivos. "Um site com todas essas informações ainda não existe no país. É muito difícil provocar políticas públicas no Estado, e o fato de termos 43% das propostas concluídas e 45% em execução é um excelente indicador", disse a secretária.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade