Publicidade

Correio Braziliense

Morador relata buraco na parede causado por raio durante forte chuva no DF

De acordo com o Grupo de Eletricidade Atmosférica, o DF recebeu 590 descarga na quinta-feira (5/4). Um dia antes, 920 raios fora registrados


postado em 07/04/2018 07:26 / atualizado em 07/04/2018 08:03

Buraco que o raio causou na parede, segundo o morador(foto: Arquivo pessoal)
Buraco que o raio causou na parede, segundo o morador (foto: Arquivo pessoal)

 

As fortes chuvas com raios que vêm caindo no Distrito Federal estão assustando e causando prejuízos aos brasilienses. Após os 920 raios que caíram na última quarta-feira (4/4), na quinta-feira (5/4) foram registradas outras 590 descargas na capital. No Gama, houve relatos inclusive de que um raio teria feito até um buraco na parede.

 

Segundo o assessor parlamentar José Ricardo Nascimento, 54 anos, o susto foi grande. O morador relatou que uma chuva muito forte atingiu o Gama por volta das 17h30. “É difícil de explicar o que houve na hora. O raio veio seguido de um barulho imenso e fez um buraco parecendo de um tiro na parede”, relata.

 

Ricardo diz que está muito preocupado após o ocorrido. “É a primeira vez que isso ocorre por aqui. Eu tenho crianças em casa. É perigoso!”, teme. Além do buraco, diz o morador, o raio queimou duas TVs e prejudicou o serviço de telefone, TV por assinatura e internet, além de queimar algumas lâmpadas da casa. Ainda segundo ele, outros moradores tiveram prejuízos com a chuva, que, assim como ele, estudam uma representação em conjunto contra a CEB.

 

O Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) informou que as 590 descargas que atingiram o DF, de 0h até 23h59 da quinta-feira, é ‘considerado médio’. A empresa ainda informou que foram contabilizadas as que atingem o solo e as que ficam entre as nuvens.

 

Cuidados

 

De acordo com o Corpo de Bombeiros, para se proteger durante uma tempestade de raios é preciso evitar contato com qualquer material que possa servir de condutor de energia, contato com estruturas metálicas, chuveiros, torneiras que contenham eletricidade, aparelhos eletroenergizados, e não utilizar o celular durante tempestades, além de desplugar tomadas.

 

Ainda segundo a corporação, se for possível, as pessoas devem evitar sair de casa. Mas, se isso for inevitável, é necessário evitar áreas descampadas, não se abrigar debaixo de árvores ou qualquer monumento que possa atrair um raio. Além disso, é preciso ter cuidado até com o guarda-chuva de metal. É importante evitar piscinas, postes e locais elevados. Em casos de emergência, a orientação é manter a calma e buscar socorro especializado no telefone 193.

 

Clima

 

O fim de semana dos brasilienses será marcado pelas chuvas. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a tendência é de que o céu se mantenha de nublado a encoberto com pancadas de precipitações e trovoadas nos próximos dias. No entanto, a boa notícia é que a partir de sábado (7/4), a probabilidade de temporais deve acabar na capital.  

*Estagiário sob supervisão de Jacqueline Saraiva

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade