Publicidade

Correio Braziliense

Militantes em defesa de Lula se juntam na Praça dos Três Poderes

Com bandeiras, faixas e frases em defesa do ex-presidente manifestantes se reúnem no local


postado em 07/04/2018 18:39 / atualizado em 07/04/2018 22:12

Manifestantes pró-Lula se reuniram na Praça dos Três Poderes(foto: Alexandre de Paula/Esp.Correio/CBPress)
Manifestantes pró-Lula se reuniram na Praça dos Três Poderes (foto: Alexandre de Paula/Esp.Correio/CBPress)

 
Militantes contrários à prisão de Lula se reúnem na Praça dos Poderes neste sábado para se manifestar em defesa do ex-presidente. 

O grupo se juntou no local por volta das 15h e permanece aguardando o desfecho da prisão de Lula. Segundo a organização, cerca de mil pessoas passaram pelo local. Para a PM, no entanto, é de cerca de 100 manifestantes.

Com bandeiras e faixas, eles permanecem nas proximidades da pista e entoavam gritos favoráveis ao petista, como "Lula livre" e "Lula inocente". 

Alguns motoristas que passam pelo local se manifestam de maneira favorável e contrária em alguns momentos. Segundo a PM, não houve, porém, nenhum registro de confusão ou violência.

Vice-presidente do PT-DF, José Luis da Pereira explica que a decisão de se juntar na Praça dos Três Poderes foi uma maneira de centralizar os manifestos e garantir segurança.

"Queremos transformar esse sentimento de tristeza e depressão em algo que movimente, que nos faça lutar até o dia em que Lula saia da prisão. Vamos continuar nos reunindo, fazendo ações", afirmou.

O sentimento geral entre os manifestantes é de indignação. "É um momento de tristeza, decepção, mas também de esperança. Nós não podemos ficar mais de braços cruzados esperando que uma minoria decida pelo destino de milhões de brasileiros", disse o bancário aposentado Lênin Florentino de Faria, 57 anos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade