Publicidade

Correio Braziliense

Feira em Águas Claras incentiva a adoção de pets

Pet Expo Brasília deve atrair entre 15 mil e 20 mil pessoas


postado em 08/04/2018 07:09

Evento deve receber entre 10 e 15 mil visitantes(foto: Geison Guedes/Esp. CB/D.A Press)
Evento deve receber entre 10 e 15 mil visitantes (foto: Geison Guedes/Esp. CB/D.A Press)

 
Neste fim de semana, Águas Claras é palco da primeira edição da feira Pet Expo Brasília. O evento está montado no estacionamento da Uniplan (Avenida Pau-Brasil) e deve atrair entre 15 mil e 20 mil pessoas. O estande mais procurado é o de adoção de animais. No sábado pela manhã, dos 184 cães e gatos à espera de um tutor, 15 haviam sido adotados. Segundo a responsável pela ONG Nova Aliança, Luciana Bueno, os interessados pela adoção passam por uma entrevista antes de levar o animal. 

O técnico em mecânica, José Luiz Gomina, 61 anos, morador de Águas Claras, é apaixonado por cachorros e resolveu adotar um na feira. “Minhas meninas estão pedindo há muito tempo para adotar um cachorrinho”, explica. Ele disse que prefere a adoção porque considera “melhor cuidar de um que precisa do que dar 
R$ 1 mil ou R$ 2 mil em um animal com certificado”.

Daniel Duarte, um dos organizadores da feira, conta que a ideia de criar o evento surgiu após a realização do Arraiá de Águas Claras, em 2017. “Percebemos o grande potencial que a cidade tem para eventos voltados para a família. E, como o comércio de pets aqui é muito forte, resolvemos criar essa exposição”.

A Pet Expo ainda reúne encontro de raças oficiais (13 no total) com a participação de cerca de 50 expositores. Hoje é possível visitar o local das 8h às 20h. O ingresso é um quilo de alimento não perecível, ou de ração, mais R$ 1, que serão doados a três organizações não governamentais que cuidam de animais abandonados.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade