Publicidade

Correio Braziliense

Polícia Federal prende quadrilha de câmbio ilegal no DF e em seis estados

Quadrilha armazenava dinheiro em Boa Vista e transportava montantes de R$ 100 mil e R$ 200 mil para casas de câmbio no DF e em São Paulo


postado em 10/04/2018 09:44 / atualizado em 10/04/2018 10:29

(foto: Agência Brasil)
(foto: Agência Brasil)

Uma investigação iniciada pela Polícia Federal (PF) em Roraima descobriu a ação de criminosos especializados em câmbio ilegal que atuam em vários estados. A Operação Capilé, deflagrada na manhã desta terça-feira (10/4), faz buscas no Distrito Federal, em Goiás, Amazonas, São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo. Há 8 mandados de prisão a serem cumpridos.

Carro da Polícia Federal parado em frente a edifício em Águas Claras: câmbio ilegal no DF(foto: Whatsapp/Divulgação)
Carro da Polícia Federal parado em frente a edifício em Águas Claras: câmbio ilegal no DF (foto: Whatsapp/Divulgação)


De acordo com a investigação, os suspeitos coletavam euro e dólar nas fronteiras de Roraima com a Venezuela e a Guiana. Na capital federal, um dos alvos reside em um prédio na Avenida Araucárias, em Águas Claras. Devem ser cumpridos, além das ordens de prisão, 29 mandados de busca e apreensão.

A quadrilha especializada mantinha o dinheiro em uma residência em Boa Vista. Os valores eram divididos em montantes de R$ 100 mil e R$ 200 mil, para então serem transportados para casas de câmbio no DF e em São Paulo.

Servidores afastados

Segundo a PF, três servidores públicos de Manaus e Boa Vista foram afastados. Os crimes investigados são: operação de câmbio ilegal, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade