Publicidade

Correio Braziliense

Com deficit de 500 litros, bancos de leite do DF precisam de doação

No primeiro trimestre de 2018, índice de doações ficou abaixo do esperado. Alimentos são destinados a cerca de 250 bebês internados em unidades neonatais do DF


postado em 11/04/2018 07:30 / atualizado em 11/04/2018 10:33

(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
Os bancos de leite materno do Distrito Federal precisam de doações. No primeiro trimestre de 2018, o deficit registrado foi de 500 litros. Cerca de 250 bebês prematuros, de baixo peso ou doentes, internados em leitos de unidades neonatais dos hospitais públicos do DF precisam do alimento, segundo a Secretaria de Saúde (SES-DF). Cada pote doado pode ajudar até 10 crianças.

As mães que tiverem interesse em contribuir têm três opções para a doação: elas podem procurar o banco de leite mais próximo de onde moram; telefonar para o número 160, opção 4, e agendar o recolhimento em casa, efetuado pelo Corpo de Bombeiros; ou se cadastrarem no site Amamenta Brasília.

No caso do recolhimento feito pelos bombeiros, as mães recebem um kit com vidro, máscara e gorro para a coleta, além de folders com orientações. Os panfletos também podem ser obtidos nos bancos de leite de Brasília e as mães podem tirar dúvidas pelo site www.amamentabrasilia.saude.df.gov.br.

As interessadas precisam apresentar exames realizados durante o pré-natal, entre eles, o hemograma. Se os bebês já tiverem atingido um ou dois anos de idade, os exames devem ser refeitos. A exigência é para verificar se a mãe está apta a doar ou não.

Abaixo do esperado


De janeiro a março deste ano, aproximadamente 3,9 mil litros de leite foram coletados no Distrito Federal. No entanto, média recebida foi de 1.324,6 litros, valor abaixo da necessidade mensal esperada (1,5 mil litros). As coletas ocorreram durante 6.372 visitas e contou com a participação de 1.231 mulheres. O leite doado no período foi suficiente para alimentar 2.435 bebês.

A população pode ajudar doando potes de vidro com tampa plástica. A recomendação é que o doador junte uma quantidade razoável de potes, de 150 ou 300 gramas, e os leve ao banco de leite mais próximo. Também é possível telefonar para o número 160, opção 4, para agendar o recolhimento. 

Endereços


O Distrito Federal conta com 10 Bancos de Leite Humano e dois postos de coleta, distribuídos entre os hospitais de:

- Asa Norte (HRAN)
- Brazlândia (HRBz)
- Ceilândia (HRC)
- Gama (HRG)
- Hospital Materno-Infantil (HMIB)
- Leste (antigo Paranoá)
- Planaltina (HRPl)
- Taguatinga (HRT)
- Santa Maria (HRSM)
- Sobradinho (HRS)
- Samambaia (HRSam, posto de coleta)
- Casa de Parto em São Sebastião (posto de coleta)
 
Há ainda dois bancos do governo federal no Hospital das Forças Armadas e no Hospital Universitário de Brasília.

Com informações da Secretaria de Saúde do Distrito Federal

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade