Publicidade

Correio Braziliense

Homem é preso pela Polícia Militar com 124 mil dólares em maleta, no Gama

O homem de 44 anos foi encaminhado pela PM para a Polícia Federal. A corporação investiga a possível relação do dinheiro com atividade criminosa


postado em 12/04/2018 06:18 / atualizado em 12/04/2018 16:15

Policiais militares abordaram o homem e encontraram R$ 124 mil dólares dentro do carro que o suspeito dirigia(foto: Divulgação/PMDF)
Policiais militares abordaram o homem e encontraram R$ 124 mil dólares dentro do carro que o suspeito dirigia (foto: Divulgação/PMDF)
Um homem, identificado como Girlândio Pereira Chaves, 44 anos, foi preso pela Polícia Militar do DF na noite de quarta-feira (11/4), no Gama, com uma maleta que continha cerca de US$ 124 mil - equivalente a aproximadamente R$ 418 mil. O suspeito está sob custódia da Polícia Federal (PF), assim como o dinheiro, que passará por análise da corporação para comprovar se são notas verdadeiras ou falsas. Após a comprovação, o valor será depositado no Banco Central (BC).

De acordo com informações da Polícia Federal, o acusado informou que o dinheiro veio de Goiânia (GO). A PF suspeita que os dólares tenham relação com alguma atividade criminosa. A corporação investigará a procedência do dinheiro.

O suspeito tem passagens por estelionato, ameaça, documento e declaração falsos. Ao ser preso, constatou-se que ele tinha um mandado em aberto por estupro e por furto, em Rondônia. A PF informou a prisão para a justiça da unidade federativa. Girlândio aguardará pela transferência na Papuda.
 
O suspeito foi preso durante abordagem da Polícia Militar na área rural do Gama. Na revista pessoal, os militares não encontraram nenhum ilícito. Contudo, durante a busca no interior do veículo, a maleta foi achada. Ao ser questionado sobre o dinheiro, o homem informou que comprava e vendia as notas sem autorização. 
 
Girlândio Pereira Chaves, 44 anos, tem dois mandados em aberto por estupro e furto em Rondônia (foto: Divulgação/PMDF)
Girlândio Pereira Chaves, 44 anos, tem dois mandados em aberto por estupro e furto em Rondônia (foto: Divulgação/PMDF)
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade