Publicidade

Correio Braziliense

Saúde investiga caso de meningite; estudante de 13 anos está internada

Equipe de Vigilância Epidemiológica da região de saúde Oeste irá até a escola onde a menina estuda, em Ceilândia, para fazer a profilaxia. Paciente está internada no Hospital Regional de Samambaia


postado em 12/04/2018 18:11 / atualizado em 12/04/2018 18:12

Nos dois primeiros meses deste ano, 31.470 doses do imunobiológico Meningo C, que protege contra a forma mais grave da doença, foram distribuídas no DF(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Nos dois primeiros meses deste ano, 31.470 doses do imunobiológico Meningo C, que protege contra a forma mais grave da doença, foram distribuídas no DF (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)

 
Uma estudante de 13 anos do Centro de Ensino Fundamental 19 de Ceilândia foi internada no Hospital Regional de Samambaia com suspeita de meningite. O caso está sendo investigado pela Secretaria de Saúde (SES/DF), que afirmou que a menina, moradora de Luziânia, está recebendo os cuidados necessários para reverter o quadro clínico apresentado. Este é o 21º registro de meningite no Distrito Federal somente neste ano.%u200B

Nesta sexta-feira (13/4), a equipe de Vigilância Epidemiológica da região de saúde Oeste irá até a escola, para fazer a profilaxia — medida que tem como objetivo prevenir uma doença por meio de procedimentos simples, como o uso de medicamentos — nos 32 alunos que estudam com a adolescente. Além disso, a família também receberá o medicamento. A administração do antibiótico será feita por três dias.

A pasta explicou que a confirmação dos casos de meningite ocorre por meio de exames laboratoriais ou apenas pelo histórico clínico, quando não há possibilidade de realização de exames complementares. A secretaria destacou que está atenta ao número de casos registrados e que a vacinação é a principal forma de prevenção. 

Nos dois primeiros meses deste ano, de acordo com informações da SES/DF, 31.470 doses do imunobiológico Meningo C, que protege contra a forma mais grave da doença, foram distribuídas no Distrito Federal. Segundo a pasta, 26.942 desses insumos foram aplicados — a vacina foi a quarta mais aplicada em Brasília no primeiro bimestre.  

Entenda a doença


A meningite é uma doença respiratória. A infecção das meninges (membranas que envolvem o cérebro e a medula) pode ser provocada por vírus. Contudo, a forma mais comum é causada por uma bactéria — o meningococo. Há casos em que a pessoa tem a bactéria na garganta, mas não desenvolve a infecção. De qualquer forma, ela pode transmitir a doença. 

Os primeiros sintomas são febre alta, náuseas, vômitos e rigidez dos músculos da nuca. O doente não consegue encostar o queixo no peito e precisa ser hospitalizado o mais rápido possível. Como a meningite é transmitida por espirro, tosse ou fala, é importante a sua notificação. Para evitar que a bactéria, altamente contagiosa, espalhe-se pelo ambiente, as vítimas devem passar por um procedimento conhecido como quimioprofilaxia. O período de incubação é, em geral, de dois a 10 dias. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade