Publicidade

Correio Braziliense

Camaronês é preso acusado de estuprar pelo menos 5 jovens no DF

Ele promovia festas para menores de 18 anos, principalmente, com bebidas à vontade


postado em 03/05/2018 21:40 / atualizado em 04/05/2018 14:26

Um camaronês de 24 anos acusado de assédio sexual e estupro de vulneráveis foi preso pela Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) nessa quinta-feira (3/5). De acordo com a polícia, o método do suspeito consistia na produção de festas com muitas bebidas alcoólicas e mulheres, principalmente menores de 18 anos, para deixá-las propensas à prática do abuso. 

 

O jovem é estudante de medicina da Universidade de Brasília e realizava os eventos em uma casa, em Vicente Pires. Ao todo, as investigações apontaram que o acusado fez cinco vítimas, algumas menores de idade. A polícia ainda trabalha com a hipótese de haver mais meninas que sofreram com os abusos. 

 

A corporação cumpriu mandado de prisão preventiva e de busca e apreensão e, além disso, confiscou uma passagem para Camarões, agendada para o próximo sábado (5/5). Ele irá responder por estupro e estupro a vulneráveis, podendo pegar pena de pelo menos 30 anos. 

 

Estrupros no DF

 

A Secretaria de Segurança Pública e da Paz Social do Distrito Federal (SSP/DF) registrou, entre janeiro e março, 147 ocorrências de estupro. Somente no terceiro mês de 2018, houve 48 casos, sendo 29 contra vulnerável. O valor do trimestre corresponde a uma queda de 12%, se comparado ao mesmo período do ano anterior.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade