Publicidade

Correio Braziliense

Homem que matou namorada a facadas é condenado pela Justiça

O crime aconteceu em 2016, após uma discussão entre o casal. Daivson Feitosa Campos vai pegar pena de 18 anos


postado em 04/05/2018 23:44 / atualizado em 07/05/2018 19:01

O homem que matou a namorada com 40 facadas, em novembro de 2016, cumprirá 18 anos de prisão, sem direito de recorrer em liberdade. Daivson Feitosa Campos foi condenado pelo homicídio triplamente qualificado de Flávia da Silva.  O caso foi à júri popular e o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) proferiu sentença. 

Os jurados acolheram os agravantes apresentados pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). De acordo com a denúncia, o crime foi cometido por meio cruel, dificultando a defesa da vítima e em razão da condição do sexo feminino em contexto de violência doméstica e familiar, condição que tipifica o crime como feminicídio.

O crime aconteceu após uma discussão entre Daivson e Flávia, que mantinham uma relação amorosa. Ele esfaqueou a vítima e fugiu. Ela morreu horas depois, sem receber socorro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade