Publicidade

Correio Braziliense

PRF autua 550 veículos acima da velocidade neste sábado na BR-060

Um motociclista estava a 179 km/h. Durante o feriado do Dia do Trabalhador, comemorado na em 1 de maio, 1,8 mil condutores foram autuados pela prática


postado em 05/05/2018 15:47 / atualizado em 05/05/2018 21:43

Em 2018, o número de acidentes graves totaliza 108 casos, com 694 pessoas feridas. No total, 51 vítimas morreram em acidentes nessas rodovias.(foto: PRF/Divulgação)
Em 2018, o número de acidentes graves totaliza 108 casos, com 694 pessoas feridas. No total, 51 vítimas morreram em acidentes nessas rodovias. (foto: PRF/Divulgação)
 
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) autuou 550 condutores por conduzirem acima da velocidade máxima permitida. Os flagrantes ocorreram na BR-060, na altura de Samambaia, na manhã deste sábado (5/5). A rodovia tem limite de velocidade máxima de 80 km/h. Uma motocicleta estava a 179 km/h. 

A PRF alerta que, mesmo após registro de 1,8 mil motoristas autuados durante o feriado do Dia do Trabalhador, os condutores insistem em conduzir de forma imprudente. "A consequência de exceder o limite de velocidade indicada na via é que o tempo de reação do motorista diminui consideradamente ao tentar evitar um acidente em alta velocidade. Em contrapartida, o impacto do carro aumenta conforme a velocidade do veículo em uma colisão", ressaltou a corporação.  

Segundo a PRF, nas rodovias federais que cortam o DF e o Entorno, foram registrado 656 acidentes graves em 2016, sendo mais de 2,5 mil pessoas feridas. Desse número, 160 morreram no local do acidente. Em 2017, a corporação registrou 449 acidentes graves, 2.417 pessoas feridas e 173 mortas.  

Em 2018, o número de acidentes graves contabiliza 108 com 694 pessoas feridas. No total, 51 vítimas morreram em acidentes nessas rodovias.  

Maio Amarelo 

O Maio Amarelo, campanha de conscientização sobre o trânsito, começou este mês. De acordo com a PRF, a responsabilidade para redução de pessoas feridas e mortas em acidentes de trânsito depende da atitude de todos, respeitando o limite de velocidade, as sinalizações e as leis do trânsito.  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade