Publicidade

Correio Braziliense

Comércio local está empolgado para lucrar com o Dias das Mães

Previsão da Fecomércio é de que as vendas no Distrito Federal sejam 11% mais altas do que em 2017. A poucos dias da data comemorativa, os brasilienses começaram a lotar shoppings a procura dos mais variados presentes


postado em 10/05/2018 06:00 / atualizado em 10/05/2018 11:17

A servidora pública Nadia Morais pesquisou preços de roupas e calçados antes de definir a compra para a mãe:
A servidora pública Nadia Morais pesquisou preços de roupas e calçados antes de definir a compra para a mãe: "Vale o sacrifício" (foto: Antonio Cunha/CB/D.A Press )

 

Desde o início da semana, o Dia das Mães voltou a aquecer o comércio local. O brasiliense começou a encher shoppings e feiras em busca do presente. O movimento aumentou o otimismo dos empresários, chamada de “Natal do primeiro semestre”. A expectativa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio/DF) é que as vendas sejam 11,13% superiores em relação ao mesmo período do ano passado. A melhora nos índices é vista por especialistas como um incentivo, mas a instabilidade do cenário nacional aponta para compras à vista.

Pesquisa realizada pelo Fecomércio/DF mostrou que o brasiliense deve gastar, em média, R$ 158,71 com as mães. Eletrodomésticos e utensílios para o lar perderam a liderança na lista dos produtos mais procurados, que agora ficaram com calçados, perfumes, bolsas e roupas. “É interessante notar que os consumidores ouvidos estavam dispostos a gastar mais do que os empresários imaginavam, que era R$ 120. Isso faz com que o setor fique entusiasmado, e esperamos bons números, principalmente nas vendas de produtos de vestuário e beleza”, afirma o presidente da Fecomércio/DF, Adelmir Santana.

Gabriela Eduarda da Silva comprou um presente de R$ 35.
Gabriela Eduarda da Silva comprou um presente de R$ 35. "É um preço em conta, mas o mais importante é a satisfação" (foto: Antonio Cunha/CB/D.A Press )

Por causa da concentração de lojas e da diversidade de produtos, os shoppings são uma boa opção. Roupas, acessórios, perfumes e presentes que valorizem as mulheres estão entre os mais procurados nos centros comerciais. A servidora pública Nadia Morais, 30 anos, tirou a tarde de ontem para pesquisar preços de roupas e calçados no Park Shopping. “Dei uma boa olhada, mas os preços estão caros. Melhores do que no ano passado, mas ainda caros. Só que é Dia das Mães, e sabemos que vale o sacrifício. Aquela ideia de comprar panelas, eletrodomésticos, passa uma mensagem ruim. Eu e os meus irmãos vamos levá-la para almoçar e presenteá-la”, contou.

O valor também não precisa ser alto. Gabriela Eduarda da Silva aproveitou uma consulta médica no Plano Piloto para passar no Conjunto Nacional. Comprou uma blusa de R$ 35. “É o estilo dela. Sei que vai gostar. É um preço em conta, mas o mais importante é a satisfação. Missão cumprida”, afirmou.

"O faturamento deve aumentar em 40%. Normalmente, não trabalhamos com reservas, mas, desta vez, faremos até as 12h30. Após esse horário, será por ordem de chegada," Thiago Chaves, chef de cozinha do El Negro (foto: Antonio Cunha/CB/D.A Press )

Cerca de 95% das compras para o Dia das Mães devem ser parceladas no cartão de crédito, segundo estudo do Sindicato do Comércio Varejista do DF (Sindivarejista/DF). “A expectativa de crescimento para o varejo é de 4,5%. Acreditamos que a proximidade com a Copa do Mundo também pode incentivar a compra de televisores”, apontou o Edson de Castro, presidente do Sindivarejista.

O economista Newton Marques, do Conselho Regional de Economia do DF, confirma o bom momento para vendas, mas pede cautela. “A tendência é ser um Dia das Mães melhor do que no ano passado, porque dados referentes a emprego, PIB, taxa de juros e renda conspiram para um resultado melhor, mas as expectativas costumam ser altas e não deve se esperar um crescimento superior a 5%”, explica. “Para o consumidor, o indicado é evitar juros e não comprometer o salário por muitos meses; por isso, é melhor pagar à vista. Se não for possível, dividir em poucas vezes e sem juros”, aconselha.

Promoções

Para bares e restaurantes, a comemoração fica atrás apenas do Dia dos Namorados. “Esperamos um aumento em torno de 10% em relação ao último ano, e muitos locais estão preparando promoções e cardápios especiais a fim de garantir a escolha das famílias no almoço do Dia das Mães”, conta o presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes e Bares de Brasília (Sindhobar), Jael Silva.

Chef de cozinha do El Negro, na QI 17 do Lago Sul, Thiago Chaves reforçará a equipe para ter 12 pessoas no atendimento do domingo. Também abrirá mais cedo, às 11h30, em vez de às 12h. “Todas as mães ganharão profiteroles como cortesia da casa. A expectativa é grande. O faturamento deve aumentar em 40%. Normalmente, não trabalhamos com reservas, mas, desta vez, faremos até as 12h30. Após esse horário, será por ordem de chegada”, adiantou.
 

Presentes alternativos

Nem sempre, o presente precisa ser algo físico. Algumas pessoas apreciam experiências como a tarde em um spa ou ingressos para um show. É o caso de Fernanda Lattarulo, 33, que comprou para a mãe um pacote promocional no Eliá Spa, no Pier 21. “A minha mãe é professora da rede pública, uma profissão estressante. Seja aniversário, seja Dia das Mães, ela até pede (os pacotes de spa)”, disse. Proprietário do Eliá, Pedro Pinto Vasco confirmou a procura. “Aumentamos o faturamento entre 20% e 30%. É a melhor campanha do ano e supera, inclusive, o Natal”, ressaltou.

Brinquedotecas também fizeram programação especial para o próximo domingo. Um exemplo é a Mãedoteca, no Setor de Indústrias Gráficas (SIG). Uma das proprietárias, Fernanda Galvão, explicou que o estabelecimento propicia momentos de tranquilidade para as mães, que podem deixar os filhos ali e tomar um café ou trabalhar em um espaço de co-working no local. “Fizemos uma programação especial nesse domingo para mães e filhos participarem. Teremos massagem, oficinas e brincadeiras”, detalhou.

Anote

Antes de comprar, confira dicas do economista Newton Marques e dos representantes das entidades de comércio, varejo e restaurantes:

» Dê preferência por compras à vista
» Peça desconto se for pagar em dinheiro
» Ao usar o cartão de crédito, opte por lugares que parcelam sem juros
» Não fique eufórico com prazos longos ou parcelamentos a perder de vista. O momento econômico está instável
» Antes de sair de casa, estipule um valor máximo para gastar com o presente
» Se o valor do presente de Dia das Mães for caro, opte por dividir o valor com os irmãos
» Compre algo que agrade o gosto do presenteado, não o seu. Para evitar a frustração de dar algo que não será usado, pergunte antes o que a pessoa está precisando


Programe-se

Espetáculos

» Padre Fábio de Melo 
11 de maio (sexta-feira), às 21h
Centro de Convenções Ulysses Guimarães
Ingressos variam entre R$ 80 e R$ 1,5 mil (meia entrada)
Vendas e informações: www.bilheteriadigital.com

» Divas — Tributo às maiores 
cantoras da história
11 de maio, às 21h
Teatro dos Bancários, 314/315 Sul
Ingressos custam R$ 40 (meia entrada)

» Maria Rita
12 de maio (sábado), às 21h
Centro de Convenções Ulysses Guimarães
Ingressos variam entre R$ 80 e R$ 200 (meia entrada)
Vendas e informações: www.bilheteriadigital.com

» Arnaldo Nunes 
12 de maio, às 21h
Minas Hall, no Minas Brasília Tênis Clube, SCEN Trecho 3
Ingressos variam entre R$ 120 e R$ 150 (meia entrada)
Vendas e informações: www.bilheteriadigital.com

» Circo da China On Ice
12 de maio, às 16h
Ginásio Nilson Nelson
Ingressos variam entre R$ 60 e R$ 160 (meia entrada)
Vendas e informações: www.bilheteriadigital.com

Restaurantes com promoções

» Empório Árabe
Rodízio de culinária do Oriente Médio: R$ 39,70, para mães acompanhadas dos filhos
Águas Claras, Avenida Castanheiras, Lote 1.060, Loja 24, Edifício Vila Mall
Asa Sul, CLS 215, Bloco A, Loja 3
Informações: (61) 3436-0063

» MaYuu Sushi
Rodízio de culinária japonesa: R$ 59,70, para mães acompanhadas dos filhos
Avenida das Castanheiras, 1.060, Edifício Vila Mall
Informações: (61) 3382-0927

» Beleza
JustFlats — Loja de sapatos
Em compras acima de R$ 199, o cliente ganha um voucher para aproveitar um SPA dos Pés no Eliá SPA
CLS 304, Bloco C, Loja 12
CLN 308, Bloco B, Loja 13, Plaza Shopping
Informações: (61) 99567-2322

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade