Publicidade

Correio Braziliense

Homem suspeito de participar de assassinato de empresário é preso no DF

O crime aconteceu em 7 de abril, em uma distribuidora de bebidas na QNM 20. A vítima tinha uma financeira legalizada. A polícia trabalha com a hipótese de crime encomendado, porque ela teria cerca de R$ 400 mil para receber. Pelo menos três pessoas agiram para cometer o homicídio


postado em 11/05/2018 13:10

Um homem suspeito de participar do assassinato de um empresário em Ceilândia foi preso temporariamente por policiais civis. Ele teria sido o motorista que levou o atirador até o local e deu fuga ao suspeito. O crime aconteceu em 7 de abril, por volta de 11h, em uma distribuidora de bebidas na QNM 20. A vítima tinha uma financeira legalizada. A polícia trabalha com a hipótese de crime encomendado, porque ela teria cerca de R$ 400 mil para receber.

Agentes da 15ª Delegacia de Polícia (Ceilândia Centro) identificaram o motorista a partir de um veículo clonado. Ao encontrar o carro, policiais cruzaram as informações e chegaram até ao homem. “Ele não é o executor, mas teve uma atuação no crime. De toda forma, continuamos com a linha de que o atirador não é do DF e pode ter saído de Brasília”, explicou o delegado-chefe da unidade responsável pela investigação, André Leite.

Por essa razão, policiais continuam a procura do paradeiro do principal suspeito de cometer o crime. Agentes estão atrás de informações do suspeito com empresas de aviação e de ônibus. Segundo o delegado, haveria, ainda, uma terceira pessoa que seria o mandante do crime. “O executor só veio aqui para matar o empresário que tinha muito dinheiro para receber”, esclareceu.

O executor disparou cinco vezes. Quatro tiros atingiram a vítima que morreu na hora. “Trabalhamos, agora, para identificar todos que participaram do crime”, reforçou o delegado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade