Publicidade

Correio Braziliense

GDF espera vacinar 150 mil pessoas no Dia D contra o vírus da gripe

Crianças e idosos estão nos grupos considerados mais vulneráveis ao vírus influenza


postado em 12/05/2018 14:29

O motorista Gelsomar Caetano Gomes, de 38 anos, levou a pequena Jordana de 11 meses para tomar a vacina pela primeira vez(foto: Bárbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)
O motorista Gelsomar Caetano Gomes, de 38 anos, levou a pequena Jordana de 11 meses para tomar a vacina pela primeira vez (foto: Bárbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)

Este sábado (12) é o dia D de prevenção contra a gripe no Distrito Federal. Ao todo, 104 postos de vacina participam da ação contra o vírus influenza. As salas estão aplicando exclusivamente a dose até às 17h. A expectativa do Governo do Distrito Federal é imunizar 150 mil pessoas durante o dia e alcançar 80% do público-alvo.

O motorista Gelsomar Caetano Gomes, de 38 anos, levou a pequena Jordana de 11 meses para tomar a vacina pela primeira vez. O choro da pequena é inevitável, mas deixa o pai aliviado. "Mantemos todas as vacinas dela em dia. Isso é muito importante para ela não pegar essas doenças que estão tendo por aí", destaca.

Felipe, de 2 anos, também saiu da Unidade de Saúde imunizado. O pai, Robson Pereira, 53, traz o filho todo ano, durante a campanha. "Precisamos evitar ao máximo o contágio para que ele tenha uma vida saudável", enfatiza.

A meta do governo é que a campanha atinja um maior número de crianças, que segundo o GDF é o grupo mais vulnerável e com maior porcentagem de imunização. "A gente espera chegar perto de 80% do público-alvo hoje. Fazemos especialmente um apelo às mães, para que tragam suas crianças porque a gripe pode ser evitada”, ressalta o governador Rodrigo Rollemberg.

Os idosos também estão entre os mais vulneráveis à doença. A aposentada Maria Helena Piovesan, 82, destaca que não deixa de tomar a vacina. " Todo ano eu tomo, nunca falhei. Eu acho que todo mundo deveria tomar, inclusive os adultos e jovens", frisa. A aposentada Maria da Graça Rodrigues, 80, também garante que toma a vacina anualmente. "Com a idade, a nossa imunidade vai ficando mais baixa, então eu venho todo ano", assegura.

A campanha de imunização começou no dia 23 de abril e segue até o dia 1° de junho. A meta é que 706.988 pessoas sejam vacinadas. A dose protege contra o vírus H1N1, H3N2 e o B. Na segunda-feira (14), a vacina volta a ser aplicada em 114 salas, de acordo com o horário de funcionamento de cada unidade da rede pública de saúde.

Segundo o GDF, só este ano, foram notificados 581 casos pela síndrome respiratória aguda no DF, destes 50,6%  foram positivos e 23,4% segue em observação. Até o momento, foram registradas cinco mortes.

Quem deve se vacinar

Crianças abaixo de 5 anos

Idosos com mais de 60 anos

Gestantes

Puérperas

Pessoas com doenças crônicas

Profissionais de saúde

Professores

População indígena

Internos do sistema prisional

Jovens de 12 a 21 anos que estejam cumprindo medida socioeducativa

Trabalhadores do sistema socioeducativo e do sistema prisional

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade