Publicidade

Correio Braziliense

Brasília sedia congresso sobre violência sexual de crianças e adolescentes

O evento começou na segunda, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, e segue até quarta-feira, com atividades, discussões e mesas-redondas para troca de experiências


postado em 15/05/2018 09:00 / atualizado em 14/05/2018 22:45

Congresso Brasileiro de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes ocorre no Centro de Convenções Ulysses Guimarães até quarta-feira (16)(foto: Pedro Ventura/Agência Brasília)
Congresso Brasileiro de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes ocorre no Centro de Convenções Ulysses Guimarães até quarta-feira (16) (foto: Pedro Ventura/Agência Brasília)
Começou na segunda-feira (14/5) e vai até quarta (16) o 2º Congresso Brasileiro de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes. O evento tem como tema Outros Olhares, Reflexões e Práticas da Defesa dos Direitos Humanos Sexuais de Crianças e Adolescentes e ocorre no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.
 
O encontro marca também o aniversário de 18 anos desde a instituição de 18 de maio como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Conta ainda com atividades, discussões e mesas-redondas para troca de experiências sobre o assunto. 

Estiveram presentes à abertura a representante do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), Florence Bauer, e a colaboradora do governo, Márcia Rollemberg. Elas falaram sobre como a violência afeta crianças de diferentes idades e classes sociais e de como essa é uma questão que envolve toda a sociedade. Foram citadas ações do governo, como o programa Criança Candanga e o Centro de Atendimento Integrado 18 de Maio. 

Programação ao longo do mês

Atividades serão promovidas pela Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude e pelo Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente do DF no decorrer do mês de maio. 
 
Na sexta-feira (18), uma ação de conscientização com distribuição de material informativo e blitz informativa será promovida em parceria com o Detran, no posto da Polícia Rodoviária Federal BR 0-70, às 10 horas. No sábado (19), haverá o Show pela Vida, no Parque Ana Lídia, no Parque da Cidade Dona Sarah Kubitschek.
 
A Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos também promoverá atividades, a exemplo de uma caminhada em Planaltina, na sexta (18), a partir das 7h30 na praça da EQ 11/15 do Setor Oeste.
 
Em Ceilândia, uma passeata terá início às 8h, com concentração no Terminal Rodoviário do P Sul. No dia 21, haverá oficina com famílias da assistência social da Estrutural e, no dia 25, uma ação de conscientização na Feira do Guará.
 
Além disso, a rede formada por grupos da sociedade civil e do governo local promove, desde o início de maio, uma série de ações pelo DF, como encontros, oficinas e palestras.
 

O 18 de maio 

Instituído em 2000, pela Lei Federal nº 9.970, o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes foi criado após um crime em Vitória (ES), onde uma menina de 8 anos, Araceli Crespo, foi vítima de violência física e sexual, além de ser brutalmente assassinada.  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade