Publicidade

Correio Braziliense

Três detentos não retornam a presídios após saidão de Dia das Mães

Prazo para retorno às unidades penitenciárias se encerrou às 10h de segunda-feira (14/5). Detentos considerados foragidos representam 0,3% do total de 987 beneficiados


postado em 15/05/2018 21:58 / atualizado em 15/05/2018 21:58

(foto: Zuleika de Souza/CB/D.A Press - 2015)
(foto: Zuleika de Souza/CB/D.A Press - 2015)


A saída temporária do Dia das Mães terminou nesta segunda-feira (14/5) e três de 987 detentos favorecidos pelo benefício não retornaram às unidades prisionais. Os presos cumprem penas em regime semiaberto e receberam autorização da Vara de Execução Penal para passar a data com os familiares, de 11 a 14 de maio.

O prazo para retorno se encerrou às 10h de ontem, e os detentos, que representam 0,3% do total liberado, são considerados foragidos. Esse foi o terceiro saidão de 2018. Ao todo, são nove saídas anuais, distribuídas entre 35 dias determinados pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT). Os períodos de liberdade não são, necessariamente, vinculados a datas comemorativas. 

Para serem beneficiados com as saídas temporárias, os sentenciados não podem estar respondendo a inquéritos disciplinares por falta de natureza grave, nem cumprindo sanções desse tipo. Os que não se apresentarem no prazo estabelecido podem perder direito ao regime semiaberto quando forem recapturados, além de responder a inquérito disciplinar.

Quem tiver informações sobre os fugitivos pode entrar em contato com as autoridades competentes pelos seguintes telefones:
  • 190 (Polícia Militar)
  • 197 (Polícia Civil)
  • (61) 3339-1345 (Diretoria Penitenciária de Operações Especiais – Subsecretaria do Sistema Prisional do Distrito Federal)
  • (61) 986-261-197 (WhatsApp da Polícia Civil)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade