Publicidade

Correio Braziliense

Mulher incendeia posto policial e tenta fugir em cadeira de rodas

Assim que os policiai militares prenderam a suspeita, ela confessou o crime e passou a andar sem o auxílio do aparelho


postado em 17/05/2018 07:42

Os policiais encontraram a suspeita a 200 metros do posto policial(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Os policiais encontraram a suspeita a 200 metros do posto policial (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
 
Policiais militares prenderam uma mulher de 44 anos acusada de incendiar um Posto Comunitário de Segurança (PCS) no Núcleo Bandeirante. O crime aconteceu na tarde desta quarta-feira (16/5), quando a suspeita ateou fogo ao local e fugiu em uma cadeira de rodas.  

Quando os militares chegaram ao lugar, o Corpo de Bombeiros havia contido as chamas. Testemunhas indicaram aos policiais a direção em que a mulher seguiu para tentar fugir.  

Os policiais encontraram a suspeita a 200 metros do posto policial. Ela confessou o crime e, assim que foi presa, passou a andar sem o auxílio da cadeira de rodas. Os militares a encaminharam para a 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Sul), onde a acusada deve responder por dano a bem público.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade