Publicidade

Correio Braziliense

Bebê nasce dentro da viatura do Corpo de Bombeiros, em Taguatinga

Só nos últimos dois dias, a corporação atendeu pelo menos quatro mulheres dando a luz antes de chegar ao hospital


postado em 07/06/2018 21:55

Os militares fizeram o parto dentro da viatura, a caminho do hospital(foto: CBMDF/Divulgação)
Os militares fizeram o parto dentro da viatura, a caminho do hospital (foto: CBMDF/Divulgação)

Mais um apressadinho resolveu nascer antes de chegar ao hospital, nesta quinta-feira (7/6). Tainá Santos da Conceição, 21 anos, entrou em trabalho de parto enquanto se deslocava com o marido para uma unidade de saúde. Este é pelo menos o quarto atendimento do tipo realizado Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) em 48 horas.

Com o avanço das contrações, o casal parou no Quartel dos Bombeiros no Pistão Sul, em Taguatinga, para pedir assistência. Antes mesmo de chegar ao Hospital Regional de Taguatinga (HRT), o menino nasceu dentro da viatura. Participaram do atendimento os sargentos Aragão, Rodrigo Resende e Alves da Mata.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, os pais ainda não haviam escolhido o nome da criança. Mãe e filho passam bem. 

Mais casos


Na manhã desta quarta-feira (6/6), duas mulheres se tornaram mães de maneira inusitada. Andreia Pereira da Cruz, 38 anos, e Rosilene do Nascimento, 36, estavam a caminho do hospital quando deram à luz dentro dos seus carros. Ambas tiveram o atendimento do Corpo de Bombeiros e foram internadas com os os bebês em unidades de saúde. Todos passam bem.

O primeiro caso aconteceu por volta das 7h30. Andreia e o marido passavam pelo Eixão Norte, na altura da Quadra 310 quando criança começou a nascer dentro de carro. Quase duas horas depois, os bombeiros atenderam outra ocorrência, no Recanto das Emas. Rosilene estava indo para o hospital com o irmão quando os dois tiveram que interromper o caminho próximo ao balão de acesso à cidade. Enzo nasceu antes dos militares chegaram. 

No mesmo dia, por volta das 14h15 foi a vez de Marcilene Pereira Medeiros, 32 anos, dar a luz. Davi nasceu dentro da viatura,  próximo a Catedral Rainha da Paz, a caminho do Hospital Regional da Asa Norte (HRAN). Mãe e filho foram deixados aos cuidados médicos e passam bem.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade