Publicidade

Correio Braziliense

Agefis mira outros painéis de publicidade irregulares na área central

A publicidade que estava instalada no edifício Casa de São Paulo, no Setor Bancário Sul, foi removida na segunda fase da operação de retirada dos painéis irregulares


postado em 09/06/2018 17:58

(foto: Reprodução)
(foto: Reprodução)
Os painéis de publicidade em prédios na área central de Brasília continuam na mira da Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis). Neste sábado (9/6), a operação de retirada dos engenhos publicitários removeu o informe publicitário que instalado no Edifício  Casa de São Paulo, no Setor Bancário Sul (SBS). A operação de remoção das estruturas publicitárias começou na semana passada, com a desinstalação do painel de led do site Metrópoles, do empresário e senador cassado Luiz Estevão. 

Segundo a agência, a ação da Agefis nos prédios dos Setores de Administração Federal norte e sul, Administração Municipal, Autarquias Norte e Sul, Bancário norte e sul, Comercial norte e sul, Hoteleiro norte e sul seguem um cronograma fechado de operações, assim como no sábado passado, estão programadas para este sábado, a segunda etapa da ação nos demais painéis. Segundo a Agefis, esse foi o terceiro painel retirado, resta ainda a retirada de outros três, que já foram identificados.
 
Em entrevista ao Correio na sexta-feira (8/6), a diretora-presidente da Agefis, Bruna Pinheiro informou que até o momento foram realizadas 481 autuações de propagandas irregulares, em 14 regiões administrativas, com 103 remoções de publicidades. “Como Patrimônio Cultural da Humanidade, Brasília tem características que precisam ter a integridade assegurada. É papel do poder público atuar nesse sentido”, comentou Pinheiro.

Segundo a lei 3035/2002, nos lotes edificados das entrequadras norte e sul, bem como nos prédios dos setores SBS, SBN, SCS e SCN, é admitida apenas a instalação de meios de propaganda para identificação do edifício, dos órgãos, entidades ou de estabelecimentos ali instalados.

Segundo a Agefis, a operação de retirada dos painéis vai durar o tempo que for necessário para sanar as irregularidades de propagandas irregulares no centro de Brasília. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade