Publicidade

Correio Braziliense

Duas mulheres são sequestradas pelo mesmo homem em 24 horas

Acusado, identificado como Thiago Dias do Nascimento, tem 24 anos e abordou as mulheres dentro dos próprios carros


postado em 11/06/2018 06:00 / atualizado em 11/06/2018 10:01

Com o acusado, os PMs encontraram uma faca: prisão no sábado(foto: PMDF/Divulgação)
Com o acusado, os PMs encontraram uma faca: prisão no sábado (foto: PMDF/Divulgação)
 
Três sequestros relâmpagos praticados nos últimos 13 dias levam insegurança ao Distrito Federal. Em todas as situações, as vítimas eram mulheres e sofreram abordagens de criminosos dentro dos próprios veículos. Para fugir dos bandidos, duas delas saltaram dos automóveis em movimento. A Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social registrou, de janeiro a maio, 219 ocorrências desse tipo de roubo. O número chegou perto do total do mesmo período de 2017, quando o crime se repetiu 228 vezes. Os casos mais recentes ocorreram na sexta-feira e no sábado, ambos cometidos pelo mesmo acusado, identificado como Thiago Dias do Nascimento, 24 anos.

No primeiro deles, na sexta, uma mulher estava na faculdade, na 708 Sul, quando precisou ir ao estacionamento público buscar materiais no carro. De acordo com a Polícia Militar, o suspeito rendeu a vítima, que ficou sob o poder dele por cerca de 5 horas. De início, ele pediu que a estudante assumisse o volante. Depois de algum tempo, trancou-a no porta-malas e seguiu na direção. Ela foi deixada no Gama, e Thiago fugiu com o carro e o celular dela.

No dia seguinte, o mesmo acusado, armado com uma faca, surpreendeu duas mulheres em um estacionamento em frente ao Shopping Pátio Brasil e entrou no veículo em que elas estavam. A passageira escapou da abordagem, mas a motorista guiou o automóvel por alguns metros até se jogar do carro nas proximidades do Hospital de Base do DF.

Cuidados


Policiais militares perceberam a ação e seguiram o suspeito, que assumiu o volante. Houve perseguição e, no começo da L2 Sul, Thiago capotou o carro ao bater em um tronco. Acabou preso em flagrante e encaminhado para a 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul). De acordo com os militares, ele tem passagens por roubo e estupro. Com o acusado, os policiais encontraram a chave do carro e o celular da vítima de sexta-feira. Os militares localizaram o veículo no Pedregal (GO).

O sargento Wellington Oliveira, responsável pela prisão do bandido, recomenda que as pessoas tenham mais atenção quando estiverem nas ruas. “O cidadão precisa andar com a cabeça erguida, olhando para todos os lados, para garantir que não está sendo seguido. Além disso, reforçamos que ninguém ande sozinho, principalmente à noite”, frisou.
 

Saques e ameaças


O mais recente caso de sequestro relâmpago havia acontecido em 29 de maio. Uma mulher saía do Hospital da Criança, no Setor de Áreas Isoladas Norte, quando virou refém de três criminosos. Os ladrões a obrigaram a sacar R$ 250 em um caixa eletrônico, em Águas Claras. Na altura do viaduto Israel Pinheiro, ela saltou do carro em movimento. Até o momento, nenhum dos suspeitos foi identificado.

Em 11 de maio, uma jovem de 28 anos foi rendida por quatro homens na 108 Norte. A jovem foi jogada no banco traseiro do carro e permaneceu abaixada com um casaco no rosto. Eles fizeram saques com o cartão de crédito da vítima, no Paranoá, e compraram bebidas. PMs localizaram a vítima próximo a um colégio rural do Paranoá. Ela contou que tinha sido amarrada, mas conseguiu escapar e ligou de um orelhão da escola para os pais. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade