Publicidade

Correio Braziliense

Porta de agência bancária trava e deixa criança presa no Paranoá

Menino de 3 anos ficou trancado por cerca de 30 minutos. Bombeiros e policiais militares tiveram de atuar para abrir porta do banco e resgatar criança


postado em 13/06/2018 19:06 / atualizado em 13/06/2018 20:12

Bombeiros aguardaram autorização para abrir porta de vidro que dá acesso aos caixas eletrônicos da agência(foto: PMDF/Divulgação)
Bombeiros aguardaram autorização para abrir porta de vidro que dá acesso aos caixas eletrônicos da agência (foto: PMDF/Divulgação)


Uma criança de 3 anos ficou presa em uma agência bancária na Quadra 17 do Paranoá na noite desta terça-feira (12/6). Enquanto a mãe e o tio do menino saíam da agência, o garoto voltou para a parte de autoatendimento às 21h, momento exato em que as portas são automaticamente travadas.

 

Os parentes da criança, que não tiveram os nomes divulgados, acionaram a Polícia Militar para auxiliar na abertura da porta e na retirada do menino da agência. O sargento Aminadabes Rodrigues de Sousa conta que a PM contatou os bombeiros diante da ausência de seguranças no local. "Estávamos em patrulhamento quando fomos acionados pelo tio do menino, que tinha acabado de sair da agência. Acabamos optando por chamar os bombeiros porque eles têm mais ferramentas", afirmou. 

 

Os bombeiros contataram a central do banco para evitar o arrombamento. No entanto, como a liberação da porta não seria possível, os bombeiros tiveram de arrombar o miolo da fechadura para tirar a criança. "Dava para perceber que ele tinha chorado um pouco, mas, por estar em contato conosco através do vidro, ele se acalmou", conta Aminadabes. A retirada levou cerca de 30 minutos, e o menino passa bem.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade