Publicidade

Correio Braziliense

Briga em presídio de Formosa deixa dois detentos mortos

As vítimas foram golpeadas com facas artesanais, feitas pelos próprios agressores. Dois homens confessaram o crime


postado em 04/07/2018 19:58 / atualizado em 04/07/2018 23:59

(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Dois detentos morreram na tarde desta quarta-feira (4/7) em uma briga dentro do Presídio Estadual de Formosa. De acordo com a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), as vítimas tiveram um desentendimento com outros presos logo após o horário de visita na unidade e foram surpreendidos antes de retornarem às celas.

Os homens foram golpeados com facas artesanais, feitas pelos próprios agressores. Morreram em decorrência das perfurações os presos Ítalo Leandro Rodrigues de Medeiros, 33 anos, condenado por roubo a estabelecimento comercial, e Wanderson Rithiele Assis Santana, 28, que cumpria pena por homicídio, lesão corporal e ameaça. 
 
Dois outros detentos assumiram a autoria do crime e devem ser indiciados após o esclarecimento do caso. De acordo com o delegado-chefe do Grupo de Investigação de Homicídios de Formosa, Vytautas Zumas, as investigações apontam o envolvimento de mais pessoas. "Por enquanto somente dois confessaram, porém investigaremos até chegar no maior número de autores. Temos indícios que não fizeram sozinhos, então não nos contentaremos com as duas confissões", garantiu. 

O Instituto Médico Legal (IML), a Polícia Técnico-Científica e a Polícia Civil realizaram a perícia no local e vão investigar o crime. Uma sindicância também foi aberta para apurar os fatos. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade