Publicidade

Correio Braziliense

Desesperada, mulher pede socorro em restaurante após assalto na 302 Sul

Crime aconteceu na noite desta quarta-feira (4/7), na área residencial. Ela correu até a 102 Sul para pedir ajuda em um restaurante


postado em 04/07/2018 21:30 / atualizado em 04/07/2018 21:31

Uma mulher foi assaltada na área residencial da Quadra 302 Sul, na noite desta quarta-feira (4/7). Desesperada, a vítima procurou ajuda em um restaurante da 102 Sul. A Polícia Militar prestou atendimento e saiu em busca do suspeito. Até a última atualização desta reportagem, ninguém havia sido preso. O crime ocorreu poucas horas após mãe e filho serem mortos na Rodoviária do Entorno, ao lado da Rodoviária do Plano Piloto e perto do Museu Nacional da República.

 

De acordo com o sub-gerente do restaurante La Gioconda, Manuel Lopes, 45, a mulher chegou ao local nervosa e bastante agitada. "Ela contou que o ladrão pegou o celular dela e saiu correndo. Não soube dizer se o homem estava armado ou não, mas, para não acontecer o pior, decidiu não reagir", conta. 

 

Os funcionários do estabelecimento esperaram a chegada da Polícia Militar, que atendeu a vítima no local. Após uma breve conversa e com informações gerais do suspeito, saíram em busca do assaltante. Apesar da ação rápida dos militares, Manuel salienta que essa não é primeira vez que escuta um relato de roubo na região.

 

"A área está perigosa, é só escurecer que a bandidagem começa a agir. Muitos dos nossos garçons se sentem inseguros quando saem daqui a caminho da parada de ônibus, no Eixinho Sul. Vários já foram assaltados nesse trajeto", relata. "O policiamento na região deixa a desejar e, para somar, as árvores, que são muito altas, atrapalham a iluminação pública. Assim, os bandidos conseguem se esconder e pegar as pessoas de surpresa" finaliza o sub-gerente.  

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade