Publicidade

Correio Braziliense

Em quatro horas, PMs prendem três homens armados em locais diferentes do DF

Na Asa Norte, em São Sebastião e no Gama, militares flagraram os detidos com revólveres. Em uma das ocasiões, o suspeito estava acompanhado de outro foragido da Justiça. Todas as armas ficaram apreendidas em delegacias. A Polícia Civil investiga os casos


postado em 07/07/2018 07:41 / atualizado em 07/07/2018 09:02

 
No fim da tarde de sexta-feira (6/7), policiais flagraram um homem na varanda de casa, na 310 Norte, exibindo uma espingarda(foto: PMDF/Divulgação)
No fim da tarde de sexta-feira (6/7), policiais flagraram um homem na varanda de casa, na 310 Norte, exibindo uma espingarda (foto: PMDF/Divulgação)
Em menos de quatro horas policiais militares detiveram três homens com revólveres em locais diferentes do Distrito Federal. Na Asa Norte, em São Sebastião e no Gama, militares flagraram os detidos armados. Em uma das ocasiões, o suspeito estava acompanhado de outro foragido da Justiça. Todas as armas ficaram apreendidas em delegacias. A Polícia Civil investiga os casos.

A primeira ocorrência foi registrada na Asa Norte. No fim da tarde de sexta-feira (6/7), policiais flagraram um homem na varanda de casa, na 310 Norte, exibindo uma espingarda. A PM recebeu denúncia anônima e constatou o caso. Ao avistar os militares, o homem entrou no apartamento, mas policiais encontraram uma espingarda de dois canos calibre 28 atrás de uma porta. O homem foi conduzido à delegacia. 

Outro caso ocorreu por volta das 17h30 também de sexta-feira, na Avenida São Sebastião, na entrada da região conhecida como Morro da Cruz. Ao avistar uma viatura, duas pessoas tentaram correr, mas foram alcançadas. Na abordagem, militares constataram um revólver calibre 38 com seis projéteis intactos na cintura de um. O outro era foragido da Justiça. Os dois acabaram presos em flagrante na 30ªDelegacia de Polícia (São Sebastião).

O último caso ocorreu no Gama. Policiais receberam uma denúncia de ameaça em uma casa do Setor Oeste. No local, segundo a PM, o morador disse que tinha sofrido agressão e que o episódio havia sido gravado por um sistema de câmeras instalado na residência. Ao entrar na casa, por volta das 20h30 de sexta, militares viram um coldre (usado para guardar armas) em cima de uma cômoda. 

Ao ser questionado, o homem confessou que tinha um revólver calibre 38 com seis balas. O homem entregou a arma e foi conduzido à delegacia para registro de posse irregular de arma de fogo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade