Publicidade

Correio Braziliense

Adolescente furta carro, bebe, tenta escapar de blitz e bate o veículo

Caso ocorreu na Asa Norte e foi um dos três flagrantes de embriaguez ao volante no DF e Entorno durante a madrugada desta quarta-feira


postado em 11/07/2018 11:01 / atualizado em 11/07/2018 13:54

Teste de bafômetro: adolescente apreendido não tinha condições nem de fazer o exame(foto: André Violatti/Esp. CB/D.A Press)
Teste de bafômetro: adolescente apreendido não tinha condições nem de fazer o exame (foto: André Violatti/Esp. CB/D.A Press)
Antes mesmo de amanhecer, Brasília e o Entorno registraram três casos de motoristas dirigindo embriagados nesta quarta-feira. A madrugada tumultuada nas avenidas e delegacias teve um caso de batida contra muro de casa em Planaltina, uma mulher flagrada dirigindo bêbada em Taguatinga e até mesmo a apreensão de um menor ao volante que se recusou a realizar teste do bafômetro, na Asa Norte. A lei seca proíbe o motorista de dirigir sob efeito de qualquer quantidade de álcool.
 
Foi por volta das 2h, um adolescente de 15 anos foi flagrado na altura da 409 Norte, conduzindo um veículo roubado. Segundo a Divisão de Comunicação da Polícia Militar, ao perceber a presença da polícia na via, o menor tentou fugir do flagrante, dando marcha à ré no carro. Ao realizar a manobra, o adolescente bateu e danificou uma placa de sinalização. 
 
Ao ser abordado, o jovem demonstrou que mal conseguia ficar em pé, apresentando visíveis sinais de embriaguez. Ainda segundo a PMDF, ele não teve condições de realizar o teste do bafômetro. Ao ser questionado sobre o carro, o adolescente informou que não conhecia o proprietário do veículo e que não possuía autorização do proprietário para dirigir o carro. Ele relatou que havia furtado o automóvel na Vila Telebrasília e que, depois de usá-lo, devolveria o carro para o local onde encontrou.  
 
Segundo a PMDF, o adolescente foi encaminhado ao IML/PCDF para realização de exames e, posteriormente, seria levado à Unidade de Atendimento Infanto-Juvenil (UAI), ficando então, à disposição da Justiça. 
 

Muro de casa 

Em outro episódio, o motorista de um caminhão com sinais de embriaguez chocou seu veículo contra o muro de uma casa em Planaltina (GO), por volta das 4h30. O morador do imóvel contou que a batida se deu quando o condutor tentava realizar uma manobra em marcha à ré, danificando a lateral da casa, sem deixar feridos. Com a chegada da polícia ao local, o caminhoneiro se recusou a realizar o teste do bafômetro e foi levado para a 31ª DP, onde teve a CNH recolhida.  
 
O boletim de ocorrência informa que o motorista, "apesar de apresentar um pequeno hálito etílico, portava-se normalmente, sem andar cambaleante, ou olhos avermelhados ou apresentar euforia". Por isso, não foi feito o auto de constatação de embriaguez. 
 
Já em Taguatinga Norte, uma motorista foi presa em flagrante ao dirigir embriagada nesta madrugada, na QND 59. Realizado o teste do bafômetro, foi constatada uma concentração de 0,46mg de álcool por litro de ar alveolar, sendo que a margem de tolerância da prova é de até 0,04mg/L.  
 
A condutora de 46 anos foi levada até a 12ª DP. "A habilitação da autuada e o veículo foram recolhidos pela guarnição da PMDF", informou a polícia em nota. Depois de pagar a fiança no valor de R$ 1 mil, a mulher foi liberada para responder ao processo em liberdade.

 
Tragédia 

Acidente na BR-080 deixou cinco mortos no domingo(foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação)
Acidente na BR-080 deixou cinco mortos no domingo (foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação)
No último domingo, uma colisão entre um Fiat Pálio e um GM Classic, na BR-080, deixou cinco mortos, incluindo 3 crianças e uma mulher grávida. O acidente ocorreu na altura do Km 20, em Taboquinha. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a equipe de socorro constatou que o motorista do Classic aparentava sinais de embriaguez.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade