Publicidade

Correio Braziliense

Animais que eram submetidos a maus-tratos são disponibilizados para adoção

Os 80 cães e 12 gatos resgatados, na quinta-feira, de canil clandestino em Vicente Pires podem ser adotados por quem quiser dar um lar a eles


postado em 03/08/2018 12:22 / atualizado em 04/08/2018 15:05

Ver galeria . 12 Fotos Divulgação/PM
(foto: Divulgação/PM )

Após serem resgatados de um canil clandestino, onde sofriam maus-tratos, 92 animais — 80 cães e 12 gatos — poderão ser adotados por aqueles que desejam dar um lar e uma vida digna aos bichinhos. Os pets foram encontrados na Colônia Agrícola Samambaia, em Vicente Pires, na quinta-feira (2/8), em uma ação da Seção de Combate a Maus-Tratos de Animais (Semat), por meio da Delegacia Especial do Meio Ambiente (Dema).
 
Os interessados em adotar algum dos bichos podem encontrar em contato com a Dema, por meio dos telefones 3207-4855  e 3207-4856, ou ir à sede da delegacia, localizada no prédio do Departamento de Polícia Especializada (DPE), de segunda a sexta-feira, das 12h às 19h. 

 
Situação insalubre 

O delegado à frente do caso, Marcos Paulo Costa, informou que o lugar estava infestado pelo mau-cheiro e por diversas espécies de insetos. "Alguns desses animais viviam em gaiolas, convivendo com as próprias fezes. As vasilhas de alimentação eram colocadas no mesmo ambiente. Era uma situação insalubre", afirmou.

 

No canil, uma mulher foi encontrada e presa. Ela morava no lote onde funcionava o abrigo ilegal. A suspeita foi autuada por maus-tratos e pode pegar de três meses a um ano de reclusão.  

A venda dos animais era feita pela internet. "Por isso, é importante que, antes de fechar um negócio, a pessoa interessada em comprar um animal se informe sobre o local onde ele está vivendo e se ele está em condições para ser adquirido", alerta o delegado. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade