Publicidade

Correio Braziliense

Depois de dois dias de chuva, final de semana será de seca

Não há previsão de chuva para os próximos dias e os termômetros devem alcançar 30 ºC durante a tarde de sábado


postado em 11/08/2018 11:55

Brasília terá final de semana de sol e tempo limpo. Chuva ajudou a melhorar a umidade relativa do ar(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Brasília terá final de semana de sol e tempo limpo. Chuva ajudou a melhorar a umidade relativa do ar (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Os brasilienses podem deixar o guarda-chuva em casa neste final de semana. Depois de ser refrescada pelos últimos dois dias de chuva, Brasília vai precisar encarar mais dias de seca. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), não há mais previsões de chuva para o mês de agosto e as temperaturas vão subir. Neste sábado, a máxima esperada é de 30 ºC durante a tarde. A mínima do dia foi registrada na madrugada, quando os termômetros marcaram 14.4 ºC.
 
A umidade que chegou a 90% com as chuvas, deverá ficar entre 20% e 85% neste sábado. Segundo o técnico em meteorologia Aitler Prego, a expectativa é de que esse valor caia durante a semana. “A maior umidade registrada hoje foi de 69%. A medida que a chuva se distancia, o clima ficará mais seco”, explicou.
 
Tradicionalmente, não são comuns chuvas para esta época do ano. Nos registros do Inmet, a última vez em que choveu no mês de julho foi em 2002 e em agosto foi em 2016. Antes disso, houve ocorrências em agosto de 2013.
 
Até quinta-feira, O Distrito Federal já registrava 81 dias de estiagem. Na quinta-feira, moradores da Asa Norte, Asa Sul, Lago Norte, Vicente Pires, Sudoeste, Guará, Taguatinga, Águas Claras, Ceilândia e Planaltina registraram desde pingos isolados até ruas inundadas. Em alguns pontos houve ocorrência de granizo.
 
Em Vicente Pires, um caminhão atolou na rua 10, que ficou completamente alagada. Lá, o governo faz obras de asfaltamento. Na BR 020, alguns acidentes foram registrados. Em um deles, um caminhão colidiu com um poste. Em outro, um carro e uma moto colidiram na saída de Sobradinho. 
 
No ano passado, a seca durou 127 dias e registrou as mais baixas umidades. Em 30 de agosto, o INMET registrou 9% de umidade na Ponte alta do Gama. O INMET lembra que quando a umidade chega em 20%, é necessário estar alerta. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade