Publicidade

Correio Braziliense

Correio realizará debate com candidatos ao Buriti na próxima terça-feira

Confirmaram presença os candidatos Alberto Fraga (DEM), Eliana Pedrosa (Pros), Fátima Sousa (PSol), Ibaneis Rocha (MDB), Júlio Miragaya (PT), Rodrigo Rollemberg (PSB) e Rogério Rosso (PSD). O jornal convidou para o debate todos os políticos filiados a partidos com pelo menos cinco representantes no Congresso


postado em 24/08/2018 21:00 / atualizado em 25/08/2018 12:29

(foto: CB/D.A Press)
(foto: CB/D.A Press)
A campanha política começou há pouco mais de uma semana e, para ajudar os eleitores do DF a conhecer melhor as propostas e projetos dos candidatos ao Governo do Distrito Federal, o Correio Braziliense promoverá um debate entre sete postulante ao Palácio do Buriti. O encontro será na terça-feira (28), no estúdio da TV Brasília, e será transmitido a partir das 17h, no YouTube, Facebook e Twitter do Correio, além, é claro, da emissora.
 
Alberto Fraga (DEM), Eliana Pedrosa (Pros), Fátima Sousa (PSol), Ibaneis Rocha (MDB), Júlio Miragaya (PT), Rodrigo Rollemberg (PSB) e Rogério Rosso (PSD) já confirmaram presença e estarão a postos para responder as perguntas do time de jornalistas. O Correio convidou para o debate todos os políticos filiados a partidos com pelo menos cinco representantes no Congresso Nacional. Essa é uma determinação da Lei nº 13.488/2017, sancionada em 6 de outubro do ano passado, e mais conhecida como a minirreforma eleitoral. A regra vale para a transmissão de debates por emissoras de rádio ou televisão.

 
Formato 

 
A programação foi organizada da seguinte forma: serão quatro blocos, todos mediados pela editora-chefe da TV Brasília, Simone Souto. No primeiro, cada um dos candidatos será sabatinado pelos jornalistas do Correio. Em seguida, outro concorrente, também escolhido pela equipe, comentará a resposta do candidato. Cada participante terá dois minutos para a resposta. A ordem para as respostas foi sorteada previamente, em reunião com os assessores dos políticos.
  
 
 
No segundo e no terceiro blocos, o esquema será candidato pergunta para candidato. Cada um terá direito a um minuto para fazer o questionamento a qualquer um dos oponentes. O escolhido terá dois minutos para a resposta. O direito de réplica e de tréplica será concedido com o tempo de um minuto para cada uma das situações.

Cada concorrente poderá ser escolhido até duas vezes em cada bloco. A ordem para as perguntas foi escolhida em sorteio prévio. Se houver candidato que não foi escolhido para resposta, ele falará durante dois minutos, sem direito a réplica e a tréplica. No quarto bloco, os políticos terão dois minutos para fazer as considerações finais. Cada um terá dois minutos, e a ordem também foi definida em sorteio.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade