Publicidade

Correio Braziliense

Polícia Civil prende casal que aplicava golpes imobiliários no DF

Uma corretora de imóveis enganava os clientes e solicitava depósitos na conta do próprio marido


postado em 30/08/2018 09:37

(foto: Cícero Lopes/CB/D.A Press)
(foto: Cícero Lopes/CB/D.A Press)
Agentes da Coordenação de Repressão aos Crimes Contra o Consumidor (CORF) da Polícia Civil do Distrito Federal prenderam uma mulher e um homem acusados de praticar estelionato no meio imobiliário. O casal enganava os clientes interessados em adquirir um imóvel e subtraia o dinheiro que eles investiriam na compra de uma residência. A operação, batizada de Bieramar, foi deflagrada nessa quarta-feira (29/8).  

De acordo com as investigações, a mulher trabalhava como corretora de imóveis em uma imobiliária localizada em Taguatinga Norte. Quando os clientes a procuravam, ela informava que um valor deveria ser pago. No entanto, ela fornecia o número da conta do próprio marido, para que as vítimas depositassem a quantia. Ambos tiveram a prisão preventiva decretada pela Justiça.  

Os próprios advogados da imobiliária contaram aos investigadores que a suspeita estaria praticando os crimes. Durante o tempo em que trabalhou na venda de imóveis, a mulher contava que era regularizada no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci) e que o documento dela estava em processo de transferência do Mato Grosso do Sul para a capital. Porém, ela utilizava registros desativados ou pertencentes a outras pessoas.  

A apuração policial aponta que a acusada praticava o crime desde 2017, quando começou a trabalhar na empresa. Ela falsificava contratos, recibos e documentos para conseguir aplicar os golpes. Ainda de acordo com os investigadores, os valores adquiridos por ela eram altos, já que se tratava da comercialização de casas e apartamentos.  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade