Publicidade

Correio Braziliense

Começa o julgamento de homem acusado de assassinato cruel em marcenaria

Crime ocorreu em agosto de 2017. Vítima recebeu vários golpes com ferramentas


postado em 04/09/2018 11:18 / atualizado em 04/09/2018 19:37

(foto: Thiago Fagundes/CB/D.A Press)
(foto: Thiago Fagundes/CB/D.A Press)
Começa nesta terça-feira (4/9) o julgamento de Antônio João Valeriano, acusado de assassinar Francisco Antônio Marinho dentro do galpão de uma marcenaria, em Vicente Pires, em 30 de agosto do ano passado. O acusado será submetido a júri popular em Águas Claras.
 
De acordo com o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), Antônio desferiu vários golpes usando ferramentas de marceneiro contra Francisco, que não teve oportunidade de se defender. O réu foi denunciado pelo MP por homicídio qualificado com a utilização de meio cruel.

Ainda de acordo com a promotoria responsável pelo caso, Antônio cometeu o crime "em absoluto contraste com o mais elementar sentimento de piedade". Se condenado, a pena pode variar de 12 a 30 anos de prisão.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade